5 erros básicos que cometi em viagens #passandovergonha

Listei abaixo 5 errinhos que cometi durante algumas viagens que me deram um belo prejuízo ou causaram certo desconforto. Por falta de planejamento, conhecimento ou pura lerdeza essas coisas aconteceram… Tudo bem, porque deixaram um belo aprendizado! Passando para frente, para que talvez vocês possam evitar situações desagradáveis 😉

Não verificar o aeroporto de embarque/confiar em nativos haha

Quando fui para a Bélgica, fiquei na casa de um amiga. Eu tinha uma viagem de Bruxelas para Toulouse, na França e, assim que comprei a passagem, percebi que todas as informações do voo estavam em francês. Pedi para essa amiga dar uma olhada e me dar dicas de como chegar no aeroporto, etc. Imagina a cena: digamos que eu estivesse em São Paulo. Minha amiga entrou nos mínimos detalhes de como chegar no aeroporto de Guarulhos. O fato é que meu voo sairia de Congonhas, não Guarulhos.

Como a menina era belga, tudo que ela me disse eu segui, mas não pesquisei na internet e tomei a palavra dela como verdade. Ela cometeu esse pequeno erro de me mandar pra um aeroporto em outra cidade, sendo que o meu embarque era em Bruxelas mesmo. Saí mais cedo de casa, peguei o transfer, cheguei lá e paaa… “Seu voo não sai desse aeroporto”. Resultado: perdi o voo, tive que pagar multa para mudar a passagem e ainda esperei 2 dias pelo próximo voo para Toulouse. Só preju, pela minha confiança na nativa.

Dica: informação nunca é demais. Pesquise sempre em mais de um lugar, independente de quem te der as infos.

  Viajar de madrugada porque é “mais barato”

Eu diria que compensa, se a cidade é grande e tem estrutura para a chegada de turistas depois da meia noite (ou se alguém conhecido for te buscar né). Já fui pra cada cafundó do Judas que chegava e só dava euzica lá, sem táxi, ônibus, transfer, longe de tudo e todos. Tudo vazio, aquele guichê de infos turísticas fechado, você não sabe pra onde ir ou como ir. A opção é esperar amanhecer ou pagar beeem caro pelo transporte escasso da madrugada.

Fora que alguns hostels/hoteis não permitem que você faça o checkin antes das 14h00. Aí ficamos para sempre esperando dar esse horário, para finalmente entrar no quarto. Antes de comprar a passagem “mais barata” das 2h00, pesquise para ver se realmente vale a pena.

dormindo

Não saber o que é Reino Unido/verificar a moeda do país

Inocente que só, fui viajar pelo Reino Unido… comprei uma passagem de Manchester para Dublin, na Irlanda. Ali para mim, era tudo UK, bem jacu. Porém, apenas não, filha. Assim que cheguei no aeroporto, entrei no ônibus para o centro e fui seca dar minhas moedinhas em libra para o cobrador. Ele só olhou e falou “aqui é euro”. Minha cara de ué?, bem turistona mesmo, deve ter sido impagável. Sorte que eu tinha umas moedas perdidas na carteira e, mesmo assim, não consegui pagar o ticket inteiro… por pena o cara me deixou passar. Cheguei na viagem com zero euros. Nossa, como você não sabia disso? Não sabia, simples!

Aulinha de wikipedia: O Euro (EUR ou €) é a moeda comum para as nações que pertencem à União Europeia e que aderiram à zona Euro. O Reino Unido é uma união política de quatro “países constituintes”: Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales. A Irlanda do Norte é a única parte do Reino Unido com uma fronteira terrestre, no caso, com a República da Irlanda.

Sad but true. Acontece gente…

Supor que minha bagagem de mão caberia no “medidor de mala”

Quem viaja com empresa aérea low cost que oferece passagens mais baratas como a Ryanair, por exemplo, sabe que tem direito de levar uma mala de mão sem taxas extras. Porém, essa mala tem várias especificações de tamanho, peso, etc.

Pois bem, quando sua mala não cabe no “medidor de mala”, você tem que pagar um valor mais alto para embarcar com a mala. O nível da fiscalização varia de acordo com a época do ano, de uma empresa para outra e até do humor do funcionário. Já estive em filas de embaque em que eles mediam as malas de todas as pessoas da fila, assim como em algumas em que todos passavam suave. Outras vezes, os funcionários da empresa escolhiam o passageiro a dedo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ai que erro pensar que minha mala sempre passaria #diboas. É um Deus nos acuda, porque para não pagar, você começa a tirar tudo da mala para vestir (se tiver a sorte de não estar sozinho, divide suas tralhas com os amigos – só que quase nunca as pessoas tem espaço sobrando na mala). Você bloqueia a fila, atrasa o embarque de geral, treta com a moça da cia aérea porque ela vai querer que você pague logo, entra na fila de novo vestindo todos os casacos possíveis, parecendo uma doida varrida, mas no final dá tudo certo.

Deixar líquido na bagagem de mão

Resumindo bem, bagagem de mão é um inferno. Quantas vezes acabei esquecendo na mala de mão meu desodorante novinho ou aquele creme hidrante que comprei no free shop… ah não, melhor: o perfume favorito. Aí você já despachou a bagagem maior e não tem como voltar atrás. Não tem choro livre que te faça passar com aquilo. Eles confiscam mesmo ou você desiste de embarcar, simples!


Meus erros tiveram muito a ver com a ansiedade que sentia com as viagens de última hora que surgiam, sempre que achava uma passagem interessante, mas mesmo com todo cuidado e planejamento, SEMPRE vai acontecer alguma coisa desse tipo durante viagens. Melhor tentar prevenir né?!

Citei só 5, mas daria para fazer um livro com todas as histórias. Vocês já passaram por alguma coisa parecida? Quem cometeu um errinho básico desses e quer compartilhar, comenta aí 😉

Se gostaram do post, compartilhem para que mais pessoas tenham acesso. Para não perder nossas atualizações, curtam a página do facebook, instagram ou se inscrevam no canal.

No facebook

comentários

By |2016-05-16T00:07:19+00:0014 dezembro, 2015|Tags: |

About the Author:

Camila Faria, 26, mackenzista formada em Administração de Empresas com pós graduação em Controladoria de Empresas pela FIA. Fez o primeiro intercâmbio aos 17 anos e criou o site em 2013, durante o ano em que fez faculdade na Europa. Para se dedicar ao Must Share Br, saiu do trabalho na área de finanças em São Paulo e hoje mora nos Estados Unidos. Acompanhem pelo instagram: @milafaria

Leave A Comment

Contato

Entre em contato conosco pelo email: contato@mustsharebr.com