Uma das maiores tristezas da viagem foi abandonar nosso carrão hahaha. Aqui estão todas as dicas que temos sobre o processo de alugar um carro na África do Sul.

Tem até histórinha de amor no final do post. <3

Vale a pena Alugar um carro na África do Sul?

Primeiro de tudo: vale a pena viajar de carro, principalmente se você tiver mais 2 ou 3 amigos para dividir o aluguel. Você pode sair do roteiro se necessário, não depende dos horários do tour. É uma liberdade muito grande e eu recomendo muito. As estradas lá são ótimas, principalmente se você for seguir a Garden Route.

Além disso, algumas Reservas (safáris) permitem que os visitantes entrem com próprio carro. Dessa maneira, você economiza por não precisar contratar o guia + o carro do safári. Foi o que fizemos no Addo Elephant National Park, por exemplo.

Precisa de carteira de habilitação internacional?

Você não precisa de habilitação internacional para alugar ou dirigir. Quando ficamos menos de 30 dias em um país, só a carteira de habilitação do país de origem já vale. Já aluguei carro na Espanha, Croácia, México, EUA e nunca me pediram nada além da cópia da CNH.

O valor do carro pode ficar menor de acordo com a sua idade. Pessoas acima de 25 anos pagam menos porque teoricamente têm mais experiência, então é mais “seguro”.

Onde alugar o carro?

É bom fazer a reserva antes para garantir que, ao chegar lá, não vai ter como opção apenas “os carros que ninguém quis alugar” te esperando. Para alugar o carro, usamos o site da Rental Cars pelo mesmo motivo do caso da Real Seguro Viagem. Queremos entrar para o programa de afiliados desse site, mas antes de colocar aqui, testamos e… funcinou.

Esse site vai te dar uma lista de empresas com diferentes modelos de carros e preços de acordo com as datas da sua viagem. Eles já informam se tem seguro ou não e indicam a forma de pagamento.

Valores

É relativamente barato alugar carro na África do Sul. Os carros manuais saem muito mais em conta, mas lembre-se que lá utilizam a mão inglesa. O valor do carro automático é quase o triplo em alguns casos, mas nem por um segundo eu cogitei pegar um carro manual haha.

Em nossa pesquisa, o valor do “carro econômico automático” era de R$1.400,00 total pelos 10 dias de viagem. Já o valor total do “carro luxo automático” era R$1.600,00. Aí você se pergunta? Vou pagar 1.400,00 num Ford Fiesta ou 1.600,00 numa BMW? O que são 200 reais – dividindo em 3 migas – para ser feliz por 10 dias, né mesmo?

Eis que alugamos a categoria superior: 1.600,00 dividido por 3 pessoas, dividido por 10 dias, daria 53 reais pessoa/dia. A vantagem de alugar pela Rental Cars é existir a possibilidade de escolher um carro sem limite de quilometragem. Na Hertz do aeroporto, só tinha a opção de carros com limite de 300 km/dia e cada km rodado a mais era cobrado separadamente na devolução. No final das contas, não ultrapassamos os 3.000 km (300 x 10 dias) que teríamos direito, mas chegou perto.

O preço não variava tanto de uma categoria para a outra, mas tava bom demais para ser verdade:

Surpresinha

Alugando pelo site, escolhemos a opção de pagar na hora com a moeda local. Eles informam no final da reserva que existia também o valor do caução e que esse valor seria informado na hora de pegar o carro. Isso não é uma prática da Rental Cars, mas sim das empresas que alugam carros na África do Sul. Pois bem…

Quando aluguei o carro no México, eles pegaram a frente e verso do meu cartão com o código de segurança como uma forma de garantia e ao devolver o carro, me devolveram a cópia do meu cartão também. Já na África do Sul, esse caução que seria informado na hora da reserva é a mesma “garantia”, mas eles bloqueiam esse valor no seu cartão de crédito e com a devolução do veículo, estornam o valor. Entãããão, você precisa ter limite para passar o valor do aluguel do carro que já eram os 1.600,00 mais o caução que dava quase 10.000 reais. Siiiiim, pasmem.

A verdade sobre o caução

Acontece que quanto maior for a categoria do carro (e nós escolhemos uma top), maior o valor do caução. Além disso, só podia passar o caução no mesmo cartão de pagamento de aluguel. A gente foi, acreditando que pagaria no máximo 7.000 rands (R$1.600 x 4,29) em 3 cartões separados e, lá na hora, eles queriam passar 39.160 rands em 1 único cartão. Obviamente, a gente não tinha nem o dinheiro, nem esse limite kkkkk.

Tentamos trocar a categoria do carro, diferente da reserva, mas estava muito mais caro lá na hora do que quando vimos na Rental Cars antes da viagem. Nossa amiga, que chegou 1 dia antes e estava nesse rolo (nós estávamos embarcando), teve que negociar com o cara da Hertz e ele fez um esquema em que a gente teria que optar por um seguro com upgrade (além do  já contratado no site da Rental Cars) e, dessa maneira, ele conseguiria diminuir o valor de bloqueio do caução e ela poderia passar tudo no cartão. No final das contas, pagamos um pouco a mais pelo seguro, mas não nos arrependemos nem um por um minuto de ter escolhido esse carro.

É bom saber que quando você escolhe a categoria, eles não garantem que vai ter o modelo exato da foto que você viu no site, mas sim um modelo similar. Exemplo:

Categoria Full Size 4 Door (F, FCAR/FDAR/FSAR)
Dodge Avenger; Kia Optima; Mazda6; Buick Verano; Chevrolet Impala; Chevrolet Malibu; Chrysler 200; Dodge; Charger; Ford Fusion; Chevrolet Camaro; Honda Accord; Hyundai Sonata; Toyota Venza (2WD); Volkswagen Passat; Nissan Altima; Toyota Camry; Dodge Charger.

Não conseguimos a BMW porque estava out, mas pegamos um Audi A5. Além de ser um beeelo carro, foi muito confortável e rápido. No último dia, tivemos que fazer toda a volta para a Cidade do Cabo, ou seja, quase 900 km que demoraria umas 8 horas e pouco e fizemos em 6 horas (a estrada ajuda bastante também).

Gasolina

Abastecemos o carro 4 vezes (3 na estrada e uma para entregar o carro) e pedimos para encher o tanque em todas. Sempre ficava em torno de 500 e poucos rands (os valores exatos e gastos detalhados estão nesse post aqui).

  • 500 rands x 4 vezes = 2.000 rands
  • 2.000 rands / 4,29 = 466,20 reais
  • 466,20 reais / 3 pessoas = +-155 reais total de gasolina durante 10 dias de viagem.

Bem ok o valor, né?

Pedágio

Nós fizemos a Garden Route (pega a estrada N2) e também saímos dela para conhecer algumas cidades. Rodamos quase 3.000 km de África do Sul e encontramos apenas 1 pedágio. Sim, só 1! Custou tipo 50 rands, ou seja, uns 11 reais e o mais impressionante é que a condição das estradas no geral é muito boa.

De quebra a gente tinha todos os dias um show de pôr do sol assim. A África do Sul apenas te surpreenderá todos os dias. <3

Como foi dirigir na mão inglesa

Eu não peguei o carro manual, então não foi nada de outro mundo. O acelerador continua sendo o acelerador, o freio é o freio e o volante faz a mesma coisa haha. A única doideira é estar na estrada do lado esquerdo e ter a sensação constante de que o caminhão da outra pista está vindo na sua direção e você é o errado na contramão.

Nossa amiga dirigiu o carro manual dos nossos migos e ela sobreviveu. As marchas não mudam, mas tem que trocar com a mão esquerda. Se você quiser economizar e pegar um carro manual, não se preocupe, dá para aprender rápido.

Resumo das dicas

  • Eles utilizam a mão inglesa;
  • Carros manuais são infinitamente mais baratos do que os automáticos;
  • Existe uma praga chamada caução e o valor é bloqueado no cartão de crédito até a devolução do carro;
  • O aluguel entre categorias econômica e luxo pode não variar tanto, mas o caução aumenta absurdo;
  • Só pode pagar com 1 único cartão de crédito;
  • Alugar com antecedência sai mai barato do que na hora;
  • Tem que devolver o carro com o tanque cheio, ou considere esse gasto a mais na entrega do carro.

Enfim… me apaixonei não só pela África do Sul, como também por esse Audi. Eu amooo dirigir, principalmente em estrada e valeu cada centavo. Não rolou trânsito, estrada boa, então era só colocar a playlist das migas, acelerar e ser feliz. Fui ficando depressiva no final da viagem só de imaginar que ia ter que abandonar aquele carro que nasceu para mim e eu para ele. Tão triste saber que fomos feitos um para o outro e não podemos ficar juntos kkkkkkkkk. #mundoinjusto

Foi lindo. Todo mundo encontrou amor nessa viagem e aí você vê quem é você na vida:

Azamigas se despedindo do mozão no final da viagem

Eu me despedindo do mozão  no final da viagem

Minha escolha foi a melhor, óbvio, vê se eu to tretando agora a distancia com o mozão de viagem? hahahahaha, brincadeira 😀


Espero que esse post tenha sido esclarecedor, pois eu tinha muitas dúvidas sobre como alugar um carro na África do Sul. Caso queiram perguntar algo, é só comentar. Se precisar de mais dicas de planejamento para a África do Sul, leiam esse post também.

Já temos os gastos detalhados da viagem e o próximo será o roteiro que seguimos. Não se esqueçam de curtir nossa página no facebook, insta e youtube, além de cadastrar seu e-mail no site (no final da página) para não perder as atualizações. 🙂

No facebook

comentários