5 motivos para contratar seguro viagem

Temos aqui 5 motivos para contratar seguro viagem. Conheço pessoas que viajam “low cost” e são anti fazer um seguro viagem internacional e eu discordo totalmente. Sempre fazemos seguro, independente da exigência do país.

1. Shit happens

Em 2 dos meus intercâmbios eu me ferrei bonito. Coisas que eu jamais imaginaria e de verdade eu poderia ter morrido tamanha gravidade do acidente. A gente não tem controle sobre essas coisas!

Nos EUA, minha host family tinha um quadriciclo. Eu adorava andar nele com meus irmãozinhos e tal. Eis que um belo feriado minha host mom implora pra eu ser gente boa com a mina do Iraque que era outra intercambista demônia real. Eu não me dava com ela, mas fui atender o pedido da mãe, porque a mina morava na casa da melhor amiga da minha mãe.

Eu com 17 anos e a host mom em outro role sem ser o dia do acidente

 A doida do Iraque me inventa de dirigir o quadriciclo nas dunas e eu na garupa “êêê migas”. Do topo da duna de areia, ela perdeu o controle e PULOU do quadriciclo. Adivinha quem ficou? Aquele negócio tombou em cima da minha cabeça. Fiquei desmaiada por alguns minutos de cara na areia até meu host father conseguir mover aquilo de mim. Acordei CEGA, toda ensanguentada sem rumo. Foi tudo muuuuito rápido e horrível.

Rolou hospital, tive que acionar o seguro, aquele processo todo. Graças a Deus eu fiquei bem, mas além do desespero que deixei meus pais no Brasil, eu poderia ter dado/tomado um belo prejuízo.

E como eu disse… a gente não controla. Pode ser um acidente, uma intoxicação alimentar, um simples corte com a faca da cozinha.

2. O barato sai caro

Sabe quando você tem duas opções de compra, escolhe a mais barata, aí não dá nem tempo de usar e o negócio já quebrou, já foi para o lixo e no final, comprar de novo torna isso mais caro do que se tivesse comprado o melhor logo de cara?

É a lei da VIDA! Acontece com TODO MUNDO. Quando você tentar economizar sendo mão de vaca, vem o universo para te mostrar que o barato sai caro.

De todas as coisas que você vai gastar em uma viagem, com toda certeza do mundo, o seguro viagem NÃO vai pesar no seu bolso. É possível encontrar várias opções e valores, mas não contratar um só para “economizar na viagem” é pão durice.

3. É fácil contratar e funciona

A dificuldade que você vai ter em contratar um seguro antes da sua viagem é zero. Hoje em dia, com as facilidades da internet, não demora nem 5 minutos. E se ainda não tirei da sua cabeça a ideia de ser “desnecessário pela economia”, acredite: muitas vezes o seguro sai infinitamente mais em conta do que uma simples consulta em outro país.

Nós usamos o site da Real Seguro Viagem. Esse site é ótimo porque compara os valores entre empresas de seguro e mostra também as diferenças entre os planos. Só precisa colocar o destino e o período da viagem, e eles já enviam o orçamento por e-mail ou às vezes já te ligam em seguida. Pode tentar aí, o orçamento é gratuito:

Conheci o site no ano passado e, apesar de ter contrato várias vezes desde então, não precisei usar o seguro durante as últimas viagens. Porém, recomendo o serviço pela atenção e eficiência da equipe. Na última viagem que fiz, fiquei 10 dias na África do Sul e paguei R$94,57 pelo seguro viagem. A Real Seguro Viagem me ofereceu um plano mais caro e outro mais barato do que esse, então optei pelo do meio hahaha.

É tão fácil que até pelo app do meu cartão de crédito do Itaú eu consigo contratar um seguro. Esse é um pouco mais caro, mas o que eu quero dizer é: só precisa de 1 clique.

Já contratei diversos seguros e sempre que precisei eles deram toda a assistência. A maioria das reclamações que vejo na internet são de consumidores que não leram direito o contrato e a expectativa era uma quando a realidade tava bem escrita lá que era outra.

UPDATE: utilizei o seguro no mochilão que fiz pela América do Sul e tudo funcionou perfeitamente bem. Assim que o hospital ligou para a seguradora, eles cuidaram de tudo. Até meu táxi de volta para casa eles cobriram. Fiquei bem satisfeita com o serviço e tenho cada vez mais certeza que é necessário ter um seguro viagem durante qualquer viagem, independente de ser obrigatório ou não. Ta super recomendado gente.

4. Melhor ter

A gente já sabe que quando é pra dar merda, dá mesmo. Inferno astral existe, olha gordo, energia ruim, maré de azar e tudo mais. Na Espanha, eu desloquei meu joelho durante uma festa, na mesma época que uma amiga torceu o tornozelo jogando bola e a outra quebrou o pé caindo da calçada. A gente brincava que a bruxa estava solta entre as brasileiras.

Como se não bastasse, estava no hospital esperando para fazer o raio x, quando minha mãe me enviou uma mensagem avisando que minha avó tinha falecido. Lá estava eu, na cadeira de rodas, com dor no joelho, sozinha e aos prantos com essa notícia. Se eu não tivesse o seguro viagem, teria MAIS PREOCUPAÇÕES nesse cenário péssimo. Não há psicológico que aguente, por isso, na dúvida, eu te digo: melhor ter.

5. Por que não?

Se mesmo depois de ler esses 4 motivos para contratar seguro viagem você ainda não se convenceu, fica a pergunta: por que não contratar? Só para contar com a sorte? Se for pensar, não tem motivo: não é um mega dinheiro investido/perdido (dependendo do ponto de vista) comparado ao resto dos gastos com uma viagem. Se você não usar é quase indiferente, mas se usar, pode ser uma salvação na vida.

Tem uma frase que eu gosto muito. “A vida é foda: 90% das suas preocupações nunca irão acontecer. 90% do que te aconteceu, você nunca imaginou.” Isso tanto para o bem quanto para o mal. E essa é a essência de todo e qualquer seguro. A gente paga torcendo para não usar, mas só torcer não resolve, né mesmo?


Gostou do conteúdo? Compartilha aí com aquele amiguinho cabeça dura que fala que seguro viagem é besteira 🙂 haha. Se não quiser perder nossas atualizações, curta a página do facebook, instagram e se inscreve no canal.

No facebook

comentários

By |2018-01-05T22:12:07+00:0030 abril, 2017|Tags: , , |

About the Author:

Camila Faria, 26, mackenzista formada em Administração de Empresas com pós graduação em Controladoria de Empresas pela FIA. Fez o primeiro intercâmbio aos 17 anos e criou o site em 2013, durante o ano em que fez faculdade na Europa. Para se dedicar ao Must Share Br, saiu do trabalho na área de finanças em São Paulo e hoje mora nos Estados Unidos. Acompanhem pelo instagram: @milafaria

Leave A Comment

Contato

Entre em contato conosco pelo email: contato@mustsharebr.com