Quando planejei minha viagem pela América do Sul, tentei ser bem econômica. Como normalmente as passagens de avião são o maior gasto da viagem, comecei a pesquisar como ir de ônibus para o Uruguai.

Foi uma viagem bem tranquila e recomendo bastante. Nesse post, coloco todas as informações que podem ajudar a planejar sua viagem.

Saindo de São Paulo rumo ao Uruguai

Sou de São Paulo, então comprei uma passagem bem barata até Porto Alegre. De lá, peguei um ônibus com sentido a Chui, RS. Uma das empresas de ônibus que faz o trajeto Brasil – Uruguai é a Planalto Passageiros e foi com ela que eu viajei.

Horário de ônibus de Porto Alegre a Chui

Existem 2 horários de bus com sentido a Chui: às 13h30 e às 23h30. São mais ou menos 8 horas de viagem e existe a opção comum, semi leito e executivo. Os valores variam entre 115 e 175 reais.

Eu optei por viajar durante a noite, pois assim iria dormindo. Comprei o semi leito das 23h30 por 135 reais e parti.

Como foi viajar com a Planalto Passageiros

Resumindo: eles são ótimos. Na rodoviária de Porto Alegre, tem uma área vip para os passageiros com computador, wifi, tv, banheiro, etc. O ônibus estava em boas condições, os 2 motoristas foram muito educados e profissionais. Só elogios. Não tinha ninguém do meu lado, dormi a viagem inteira, só acordei nas paradas e foi bem tranquilo. Zero reclamações.

Chegando em Chui, RS

A Chui do Rio Grande do Sul está localizada no extremo sul do Brasil. A cidade é pequena e faz a divisa com Chuy que fica no Uruguai.

O ônibus chega na Estação Rodoviária de Chuí (esquina entre a R. Venezuela e a R. Chile no mapa) que é rodoviária bem simples e pequena em Chuí, RS. Eu já fui entrando no lugar e falando com a única moça que estava no guichê. Primeira uruguaia que conversei. Pedi por uma passagem para Punta Del Diablo e ela me informou que eu teria que cruzar para o lado uruguaio e comprar lá.

Cruzar para o lado uruguaio significa andar 2 quadras e atravessar a rua. Sim, é uma avenida (em amarelo no mapa) que marca essa fronteira entre Brasil e Uruguai. Avenida Brasil e Avenida Uruguai, sendo que a primeira fica do lado uruguaio e a segunda do lado brasileiro. É bem doido porque a farmácia do lado brasileiro está toda em português e do outro lado da rua, a concorrente toda em espanhol, por exemplo. Foi uma experiência ficar com um pé do lado brasileiro e um pé do lado uruguaio.

Cheguei até a rua (Leonardo Oliveira) onde ficam os ônibus e as empresas Rutas del Sol e COT (em vermelho no mapa). Uma ao lado da outra. Bem perto dali tem uma pracinha com bancos para sacar pesos uruguaios se precisar (perto desse supermercado El Dorado no mapa).

Vale a pena se hospedar em Chui?

Eu até pensei em ficar 1 noite lá para “conhecer a cidade”, mas sinceramente não tem o que conhecer. Não tem nada por lá, é uma cidade de fronteira mesmo. Deu até um susto porque quando cheguei não tinha quase ninguém na rua (era cedo também), tudo meio de terra. Não gosto de falar “mal” de cidades, mas Chui não é bonita, nem turística então eu usaria 1 dia do roteiro da viagem em outro lugar.

A única coisa que tem nas avenidas de fronteira entre Brasil e Uruguai são Free shops que dei uma olhada e não achei tão mais barato assim. A região sim é linda e vale a pena conhecer, mas passar uma noite para “conhecer a cidade” como eu queria, não é minha sugestão.

Onde fica a imigração entre o Brasil e o Uruguai chegando por terra?

Tinha achado até estranho. Cheguei, atravessei a rua e já estava no Uruguai? Cadê a imigração? Meu carimbo? Ninguém verifica?

Calma! No ônibus de Chuy para Punta del Diablo, passamos pela imigração. Mas também não é nada super rígido. Eu estava no bus e o cara gritou “imigração, alguém?”. Ninguém se manifestou, nem eu porque estava com fone de ouvido. Daí deu uma luz e eu fui falar perdida com o motorista: “sou brasileira”. Aí ele disse para eu descer. Fui a única do ônibus que estava lotado. Então assim, se eu não tivesse falado nada, ninguém ia passar perguntando ou verificando não kkk e muito provavelmente eu teria problemas para sair depois. Fique atento.

Documentos para viajar para o Uruguai

Para viajar para o Uruguai, você pode entrar com o RG ou passaporte. Eles me deram um carimbo no passaporte e foi isso. Super simples. Um cara que conheci esqueceu o RG (pois é) e tentou entrar com a CNH. Acreditem, ele conseguiu, mas disse que não recomenda. Levaram ele pra uma salinha, ficou um tempão lá e deram lição de moral e vida. Mas conseguiu.

Seguindo para Punta Del Diablo, Uruguai

Como falei anteriormente, minha primeira parada foi Punta del Diablo. Assim que cheguei em Chuy, comprei a passagem de ônibus com a empresa Rutas del Sol e fiquei esperando dar o horário de embarque. O ônibus lotou e a viagem foi curta. Nesse post, dei todas as dicas sobre essa cidade que é o maior point no verão, mas vale super a pena conhecer no inverno também.

Vai viajar pela América do Sul? Leia também:


Espero que o post ajude e aguardem os próximos. TEM MUITA DICA PARA VOCÊS! Vale lembrar: informação útil é informação compartilhada. Compartilhe com seus amigos. ? E para não peder nossas atualizações, estamos no facebook, Instagram e youtube. <3

No facebook

comentários