Quanto custa viajar para o Canadá: roteiro de 7 dias

Neste post vamos detalhar Quanto custa viajar para o Canadá e um roteiro de 7 dias. Normalmente, as principais cidades no roteiro dos turistas são Toronto, Vancouver, Quebec e Montreal.

Escolhemos ficar só em Toronto porque estaríamos juntas na cidade por apenas 4 dias. É perfeitamente possível combinar a viagem com as outras cidades e até mesmo dar um pulinho em Nova York.

O país é lindo, tem paisagens incríveis e achei uma ótima opção para férias principalmente agora que o dólar americano turismo está a R$ 4. A moeda usada no país é o dólar canadense (sigla CAD) e está R$ 3,05.

Sobre a nossa viagem para Toronto

Os gastos aqui mencionados é de uma viagem econômica em quarto individual em um hostel no centro de Toronto por 3 noites e quarto feminino compartilhado por 3 noites.

Usamos mais Uber que o transporte público, compramos o CityPASS para economizar na entrada das atrações turísticas e comemos em restaurantes todos os dias.

Os detalhes dos nossos gastos podem servir de base para o planejamento da sua viagem, mas é importante lembrar que este valor pode variar consideravelmente dependendo do seu estilo de viagem.

O total de uma viagem incluindo já todos os gastos (eTA, voo, seguro viagem, hospedagem, transporte, passeios, alimentação e até chip internacional ilimitado para internet) é de R$ 4.889,97.

A viagem foi em junho 2018 e todos os valores mencionados no post estão considerando uma taxa de câmbio de +- CAD/BRL 3,05.

Visto para visitar o Canadá a turismo

Para visitar o Canadá a turismo, brasileiros precisam de uma Autorização de Viagem Eletrônica (Electronic Travel Authorization – eTA) ou um visto de visitante (Visitor Visa).

Electronic Travel Authorization – eTA

Caso você tenha um visto americano válido ou tenha tido um visto canadense nos últimos 10 anos, você pode solicitar a Autorização de Viagem Eletrônica (eTA) em vez de solicitar o visto de visitante.

Para solicitar o eTA é bem fácil e o processo é todo feito online no site do governo canadense! Você só precisa responder algumas perguntas, pagar com cartão uma taxa de CAD 7 e informar o seu e-mail.

A autorização é ligada ao número do seu passaporte sendo válida por até 5 anos ou até a data de expiração do passaporte (o que vier antes). Se seu passaporte já está próximo da data de expiração, é melhor tirar outro e só depois solicitar o eTA.

O eTA é válido apenas se você entrar no país via aérea. Se você for combinar Estados Unidos e Canadá na mesma viagem, não poderá fazer a primeira entrada no Canadá via terrestre (carro ou ônibus). Nesse caso, você precisa aplicar para o visto de visitante, mesmo que tenha o visto americano.

Como tenho o visto americano, preenchi o formulário e logo em seguida o eTA já estava no meu e-mail. Não tem necessidade de imprimir este e-mail, só é bom conferir que o número de passaporte está correto.

Visto de visitante (Visitor Visa)

Para o visto de visitante, o processo pode ser feito online ou via correio. O site oficial do governo canadense tem uma lista com todos os documentos necessários que devem ser enviados ao Centro de Solicitações de Visto do Canadá (CVAC).

Para tirar o visto, você deve pagar a taxa de visto (CAD 100), mais as taxas de serviço da VFS (CAD 34,91) e as taxas de serviço de correio para devolução do passaporte (a partir de CAD 13,27).

As taxas de correio variam dependendo da sua região e também do CVAC (tem em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Brasília). Você pode ver os valores da taxa de correio para a sua região clicando neste link.

Só para ter uma ideia de valores em Reais, peguei no site da VFS os valores para a devolução do passaporte na cidade de São Paulo. Nesse caso, as taxas seriam as seguintes:

  • Taxa de visto: R$ 240
  • Taxa de serviços da VFS: R$ 84,95
  • Taxa de serviços de correio: R$ 32,10 (dentro da cidade de São Paulo)
  • Gasto Total: R$ 357,05

Para saber mais detalhes sobre o processo para solicitar o visto de visitante ou a Autorização de Viagem Eletrônica (eTA), confira nosso post Como tirar o visto canadense para turismo? (em breve)

Total eTA: CAD 7 (R$ 17,91) 

Total Visto: R$ 357,05

Passagem área do Brasil para o Canadá

Saindo de São Paulo a Toronto, os melhores preços que encontrei foram com a companhia panamenha Copa Airlines (com escala na Cidade do Panamá) e as americanas American Airlines e United Airlines (com escala em diferentes cidades americanas).

Para Junho, achei passagens por R$ 1.500 já com taxas com a Copa e por R$ 1.730 com a United Airlines. Os horários eram bem semelhantes, então se fosse considerar apenas o preço eu teria escolhido a Copa.

Como eu já tinha feito escala na Cidade do Panamá uns meses antes dessa viagem, preferi fazer escalas em cidades que eu ainda não conhecia. Escolhi o voo da United e fiz 2 escalas longas: Washington DC (ida) e Chicago (volta).

Lembrando que para voos com escala/conexão nos EUA é necessário visto de trânsito ou visto de turista. Para o Panamá, não precisa de visto, mas o agente de imigração pode pedir o Certificado Internacional de Vacinação com comprovação da vacina contra febre amarela.

Total passagem aérea: R$1.731,63

Seguro viagem para o Canadá

Como escrevo em todos os posts, seguro viagem é algo que eu torço para nunca usar, mas não saio do país sem. É um gasto que representa uma porcentagem mínima do orçamento total da viagem e realmente acho não vale a pena economizar com isso!

Nós fazemos todo o processo de contratação online pelo site Real Seguro Viagem que compara o preço de diferentes empresas e planos de seguro viagem.

É tudo muito fácil! É só colocar o destino e as datas da sua viagem. O site vai mostrar diversos planos diferentes e você pode escolher o que melhor adapta as suas necessidades.

Seguro viagem america do norte 250x250

Dependendo do seguro escolhido, o valor pode variar bastante. Para 7 dias encontramos seguros a partir de R$ 64,26, mas que não cobria muita coisa.  Por uma diferença pequena de preço, achamos outras opções com coberturas melhores.

Confira nosso post 5 motivos para contratar um seguro viagem.

Total seguro viagem: R$ 143,45

Moeda: compra de dólares canadenses

Na hora de comprar dólares canadenses, nós temos várias opções: dinheiro vivo, cartão pré pago internacional, cartão de crédito, remessa de dinheiro etc.

Qual é a melhor opção? Cada uma tem suas vantagens e desvantagens, então é difícil responder qual é a melhor. Nas minhas viagens tenho feito um mix de dinheiro vivo + compras/saques cartão do meu banco brasileiro + remessa de dinheiro. 

Dessa vez liberei o meu cartão de crédito para compras internacionais para emergências e para o pagamento da hospedagem. Também usei o cartão para o Uber (lá não aceita dinheiro) e para comprar o ferry para as ilhas (online para evitar filas).

Para os outros gastos, paguei tudo em dinheiro que enviei ao Canadá usando o serviço de remessas da empresa Western Union (WU). Fiz todo o processo online usando o app da WU e foi super fácil.

Para o valor de CAD 800, paguei uma taxa de R$ 9,90 pelo serviço mais o IOF de 0,38% (R$ 8,88) e a taxa do meu banco para transferências TED (R$ 9,90).

Na retirada do dinheiro você não paga mais nada, apenas tem que apresentar o passaporte e informar o MTCN (número de rastreamento enviado por e-mail).

Para saber mais detalhes sobre como funciona o serviço da Western Union, como foi a minha experiência enviando dinheiro ao Canadá, passo a passo para o envio/retirada do dinheiro e dicas sobre remessas para o exterior confira nosso post Western Union: como enviar dinheiro para o Canadá.

Total serviço de compra da moeda: R$ 9,90 + 8,80 + 9,90 = R$ 28,60

Transporte em Toronto

O aeroporto de Pearson está a mais ou menos 25 km do centro de Toronto e para chegar ao centro tem várias opções: transfer, uber, táxi, trem, ônibus.

Escolhi pegar o trem que se chama UP Express e conecta o aeroporto ao centro da cidade em 25 minutos. Desci na estação Union Station (CAD 12,35). De lá pedi Uber para o hostel (na ida foi CAD 16 e na volta CAD 10).

Se eu tivesse pedido Uber direto do Aeroporto até meu hostel ficaria CAD 46 a 60 dependendo do horário/trânsito. Achei que valeu a pena fazer a combinação UP Express + Uber e no total gastei CAD 50,70.

Pesquisando melhor vi que, na verdade, eu deveria ter descido na estação Bloor que era mais perto do meu hostel. Ficaria mais barato já que o UP Express até lá custa CAD 5,65 e o Uber ficaria CAD 7 a 10. Se tivesse feito isso, eu teria gastado CAD 31,30 no total ou até menos.

Do aeroporto Pearson ao centro da cidade de Toronto: UP Express

O Up Express fica no terminal 1, sai a cada 15 minutos e funciona das 5 e meia da manhã até 1 da manhã.  Se você estiver no terminal 3, deve pegar o Link Train para chegar no terminal 1.

Se já estiver no terminal 1,  é só seguir as placas “Train to the city” e você encontrará várias máquinas automáticas para comprar o bilhete. A máquina aceita cartão e dinheiro (dólares canadenses ou dólares americanos).

O UP Express tem 3 paradas (Weston, Bloor e Union Station) e o valor do bilhete depende da estação que você for descer:

  • Weston: CAD 5,30
  • Bloor: CAD 5,65
  • Union Station: CAD 12,35

Para aqueles que tem conexão longa em Toronto e e querem conhecer um pouco da cidade, tem um bilhete especial chamado “Long Layover Return” (CAD 12,35 para ida e volta). Venda apenas online e com validade de 7 horas.

Para mais informações sobre o UP Express, outros bilhetes disponíveis, descontos e valores clique aqui.

Do aeroporto Pearson ao centro da cidade de Toronto: ônibus

Se você quiser algo mais em conta, pode pegar o ônibus 192 que passa nos terminais 1 e 3. O ponto final do ônibus é a estação de metrô Kipling (linha verde) e de lá você pode fazer baldeação para a linha de metrô mais perto da sua hospedagem.

O bilhete custa CAD 3,25 e é válido para o ônibus + metrô. É só pagar diretamente ao motorista (obs: não devolve troco, então você precisa ter o valor exato). Clique aqui para conferir o mapa do metrô de Toronto.

Transporte público em Toronto

Para andar por Toronto, nós escolhemos usar Uber (8x) e streetcar (4x), mas você também poderá usar metrô e ônibus se quiser. As passagens individuais custam CAD 3,25 e é indicado para quem não for usar muito o transporte público.

Já para quem quiser usar bastante o transporte público, uma boa opção é comprar o Day Pass (CAD 12,50) que dá direito ao uso ilimitado dos três (metrô, ônibus e streetcar) por 1 dia.

Total Streetcar: CAD 13

Uber em Toronto

O Uber funciona super bem em Toronto e foi a nossa principal opção quando estávamos lá. Nós usamos para tudo mesmo! Para ir até as atrações, bares, pontos turísticos, ir e voltar das estações de ônibus/metrô.

No total gastamos CAD 102,33 (lembrando que esse valor dividimos por 2 pessoas, então ficou um pouco mais de CAD 50 para cada e +- CAD 10 por dia). Achamos que valeu a pena 🙂 Dividindo com mais pessoas ficaria mais barato!

Total Uber: 102,33

Ferry para as ilhas de Toronto

No final de semana decidimos visitar as ilhas de Toronto pela tarde. O staff do hostel já tinha nos falado que estaria muito lotado porque era fim de semana e o tempo estava muito bom. Estava cheio sim, mas é um espaço gigante e você não sente que tem tanta gente assim por lá.

Tinha um pouco de fila para o banheiro, mas os locais para comida e bebida estavam tranquilos. Também tinha fila para comprar o bilhete do ferry, mas quando vimos a fila entramos no site e compramos online pelo celular.

Pagamos CAD 7,87 por pessoa (ida e volta) e na ida o funcionário escaneou o código do celular. Já na volta não é necessário mostrar o bilhete então  só entramos na fila para o ferry.

Total Ferry: CAD 7,87

Total Transporte: CAD 50,70 + 7,87 +13 + 102,33 = CAD 173,90

Alimentação em Toronto

Quanto a alimentação, achei que gastamos pouco. Normalmente, o jantar gastávamos CAD 20 para cada pessoa e os almoços nós gastávamos um pouco menos (CAD 16 para cada) ou comíamos um snack (CAD 10).

Estava bem quente então também tomamos sorvetes (a partir de CAD 5) e vários smoothies (CAD 7). Quanto as bebidas, as cervejas nos bares eram a partir de CAD 6 e água de garrafa em conveniências CAD 1,50.

O café da manhã estava incluído na hospedagem, então não considerei este gasto no total com alimentação. Somando tudo gastamos aproximadamente CAD 250 por pessoa.

Este valor pode aumentar ou diminuir bastante de acordo com as suas preferência e estilo de viagem.

Total Alimentação: CAD 250

Hospedagem em Toronto

Nós procuramos um hostel com boa avaliação, acesso fácil ao transporte público e próximo as atrações turísticas. Encontramos o Planet Traveler Hostel que fica na College St e achamos ótimo! 

O hostel tem uma avaliação de 9,5 no HostelWorld e a impressão foi muito boa logo quando chegamos. O staff era tudo que esperávamos de um bom hostel e superou as nossas expectativas 😉

A localização é outro ponto positivo do hostel que está próximo de 2 metrôs (linha verde) e de 3 linhas de streetcars:

  • Metrôs: Bathurst e Spadina (17 minutos andando do hostel)
  • Streetcars: número 506 (em frente ao hostel na College Street), 510 (Spadina Street – 5 minutos andando) e o 511 na Bathurst Street.

Também está próximo de alguns campus da Universidade de Toronto (e os barzinhos animados) e de algumas atrações turísticas como Kensington Market e o bairro Little Italy.

Para quem está sozinho é ótimo para conhecer pessoas. Cada dia organizam uma atividade diferente: churrasco, karaoke, pub crawl, jogos etc.  No último andar do prédio tem uma terraço com vista para a cidade e da CN Tower e uma galera fica lá.

Reservas The Planet Traveler Hostel

Geralmente nós usamos o booking, mas o Planet Traveler Hostel está apenas no Hostel World. Você também pode fazer a reserva pelo site oficial do hostel ou por e-mail.

Eles exigem o mínimo de 2 noites e os valores podem mudar de acordo com os meses da sua visita e antecedência da reserva. Recomendamos que reservem com antecedência, principalmente nos meses de férias e calor.

Agora em Junho a cidade estava lotada e o nosso hostel também. Pelo que eu vi no site, algumas datas de Agosto já não tem mais disponibilidade de reserva.

  • Quarto feminino compartilhado com 6 pessoas: CAD 57,20 por noite (café da manhã incluso)
  • Quarto individual: CAD 119,97 por noite (café da manhã incluso)

Nos quartos compartilhados tinha locker com tomada dentro para deixar as coisas carregando sem se preocupar, luz individual e tomada em todas as camas.

Alguns pontos “negativos” do Planet Traveler Hostel

A recepção e as áreas comuns ficam fechadas da meia-noite até as 7 da manhã. Meu voo atrasou e eles me mandaram um e-mail avisando que se eu não fizesse check in até meia noite, minha reserva seria cancelada e iriam cobrar a primeira noite. 

Outra coisa é que há vários andares e escadas pelo hostel e não tem elevador no prédio, o que dificulta para alguns viajantes.

Total Hospedagem: CAD 351,55

Atrações turísticas em Toronto

Toronto tem várias opções de atrações e passeios, algumas gratuitas e outras pagas. Quanto você vai gastar vai depender da quantidade de dias na cidade e seu gosto pessoal.

De todas as atrações turísticas de Toronto sem dúvidas a CN Tower é a mais famosa. A torre de 553 metros de altura é uma das mais altas do mundo e tem uma das vistas mais bonitas da cidade. Nós não podíamos deixar de visitar 🙂 Essa era a atração que estava na nossa lista de “must-do” em Toronto.

Outras atrações que todos conhecidos nos recomendaram foram Toronto Island, Niagara Falls e Niagara-on-the-lake. Realmente foram as minhas atrações favoritas 🙂

Além destas, vale a pena visitar Waterfront, Casa Loma, Old City Hall, ROM e a Yonge Dundas Square. Listo abaixo algumas das principais atrações e os valores:

CityPASS Toronto: vale a pena?

Dependendo das atrações escolhidas, você pode comprar o CityPASS Toronto (válido por 9 dias) que dá direito a entrar em 5 dos principais pontos turísticos de Toronto. O CityPASS custa CAD 88 + CAD 11,44 de impostos.

Generic_120x60

Se comprássemos os bilhetes separadamente pagaríamos CAD 142,91, mas com o CityPASS fica 38% mais barato. Mesmo que só queira ir em 3 atrações, por exemplo, já vale a pena comprar o CityPASS

Atrações incluídas no CityPASS:

  • CN Tower (CAD 38)
  • Royal Ontario Museum (CAD 17,70)
  • Casa Loma (CAD 26,55)
  • Ripley’s Aquarium of Canada (CAD 35)
  • Ontario Science Centre (CAD 19,47) ou Toronto Zoo (CAD 25,66)
Tour Niagara Falls + Niagara-on-the-lake + degustação de vinhos

Niagara Falls é um passeio que não pode ficar de fora do seu roteiro mesmo que tenha poucos dias. A cidade fica a mais ou menos 1 hora e 30 minutos de Toronto e você pode fazer por conta própria se quiser alugando um carro ou pegando um ônibus.

Nós fechamos um passeio com o nosso hostel para visitar o lado canadense do Niagara Falls, fazer uma degustação de vinhos e visitar a cidade Niagara-on-the-lake. Eles ofereciam um desconto por fechar com eles e o passeio custou CAD 65.

Uma van passou em frente ao nosso hostel para nos levar ao ponto de encontro onde tinha um ônibus nos aguardando. Saímos um pouco atrasados, mas nada que tenha atrapalhado o resto do passeio.

Hornblower Niagara Cruises

Nos meses mais quentes, há um passeio de barco de 20 minutos para ver as cataratas de pertinho. O guia turístico oferece no ônibus antes de descermos por CAD 27 (preço com desconto).

Para quem for por conta própria e tiver mais tempo para aproveitar o Niagara Falls, eles vendem o Niagara Adventure Pass que inclui outras atrações como caminhar pertinho das Cataratas. Para mais informações e valores clique aqui.

Total Atrações Turísticas: CAD 99,44 + CAD 27 = CAD 126,44

Sugestão Roteiro de 7 dias em Toronto

  • Dia 1: University Campus + Kensington Market + St Lawrence Market + Distillery District
  • Dia 2: CN Tower + Ripley’s Aquarium + Yonge Dundas Square
  • Dia 3: Nathan Phillips Square + Old City Hall + Toronto Island
  • Dia 4: Casa Loma + Royal Ontario Museum
  • Dia 5: Tour Niagara Falls + Niagara-on-the-lake + degustação de vinhos + Hornblower Niagara Cruises
  • Dia 6: Waterfront + Sugar Beach
  • Dia 7: Ontario Science Centre ou Toronto Zoo

Incluir outras cidades no roteiro

Se tem mais tempo e quiser incluir outras cidades no roteiro, você tem as opções de alugar um carro, ir de ônibus, trem etc. Para Montreal, por exemplo, encontrei passagens de ônibus da empresa Megabus a partir de CAD 24,99 e a viagem dura 6 horas.

Comprando com antecedência, é possível encontrar promoções e preços melhores. De trem com a empresa VIA Rail, a mais barata que encontrei foi CAD 55 (viagem de quase 5 horas) e algumas com parada em Ottawa (viagem de 8 horas).

Para ter uma ideia da distância e o tempo de viagem entre as cidades:

  • Toronto -> Ottawa:  450 km (4 horas e meia)
  • Ottawa -> Montreal: 200 km (2 horas)
  • Montreal -> Quebec : 250 km (2 horas e meia)

Internet: chip com internet ilimitada em Toronto

Desde a primeira vez que viajei com o chip com internet ilimitada não consigo mais viajar sem ele. É muito bom usar o maps, chamar uber, procurar os restaurantes mais próximos da sua localização, ver os horários de funcionamento das atrações etc.

Nessa viagem, nós usamos o chip do EasySim4U e funcionou muito bem! Eu amo e indico!! Para mim a maior vantagem é que você já sai do Brasil com o seu chip e não precisa perder tempo quando chegar no destino. 

Nessa viagem valorizei ainda mais esse ponto porque meu voo atrasou e acabei chegando em Toronto bem mais tarde que o esperado. Eu tinha planos de chegar no hostel de transporte público, mas se fizesse isso eu perderia o check in que era até meia noite.

Fui até uma estação de metrô e de lá pedi Uber. Cheguei em cima da hora e ainda bem que consegui fazer check in. Nem tinha chegado direito e o chip já estava me salvando!! Haha Obrigada EasySim4u.

Um chip para 7 dias de uso custa U$ 49,00 mais o frete (o normal para SP custa USD 5,50). Se você quiser saber mais detalhes sobre como comprar um chip e sobre a nossa experiência com Easysim4u no Canadá confira nosso post  Como foi usar o chip da Easysim4u com internet ilimitada no Canadá.

Resumo dos gastos: viagem de 7 dias em Toronto

  • Autorização Eletrônica de Viagem (eTA):  R$ 17,91
  • Passagem aérea: R$1.731,63
  • Seguro viagem: R$ 143,45
  • Serviço Western Union: R$ 28,60
  • Transporte: CAD 173,90 x R$ 3,05 = R$ 530
  • Alimentação: CAD  250 x R$ 3,05 = 762,50
  • Hospedagem: CAD 351,55 x R$ 3,05 = R$ 1.072,23
  • Atrações turísticas: CAD 126,44 x R$ 3,05 = R$ 385,65
  • Chip Internet: USD 54,50 x R$ 4 = R$ 218

Durante a viagem (transporte, alimentação, hospedagem e atrações turísticas): R$ 2.750,38

Gasto diário (dividido em 7 dias): R$ 392,91

Gasto passagem área e visto: R$ 1.749,54

Gastos adicionais (seguro viagem e chip internet): R$ 361,45

GASTO TOTAL: R$ 4.889,97


Gostou do post? Compartilha aí para que mais pessoas tenham acesso 🙂 . Se não quiser perder nossas atualizações, curta a página do facebook, instagram, se inscreve no canal

Atalho para viagem de 7 dias no Canadá

O nosso maior gasto foi com hospedagem. Faça a sua reserva com antecedência.
Para andar por Toronto, usamos Uber e streetcar.
Fechamos tour para Niagara Falls, mas você pode fazer por conta própria.
Adoramos Madison Pub (público universitário, cerveja mais barata nas Quintas)

No facebook

comentários

By |2019-02-02T00:35:58+00:009 julho, 2018|Tags: , , , , , , |

About the Author:

Bruna Faria, 26, formada em Administração de Empresas pelo Mackenzie. Fez o primeiro intercâmbio aos 17 anos no Texas e o segundo aos 19 no México. Enquanto fazia faculdade na Europa em 2013, teve a idea de criar o Must Share Br (lançado em 2015). Além de produzir conteúdo para o blog, trabalha em uma consultoria especializada em mercado financeiro e hoje mora na Cidade do México. Acompanhem pelo instagram: @brunapfaria

2 Comments

  1. Letícia Santos 11 de setembro de 2018 at 12:52 AM - Reply

    Mto bacana esse blog de vcs…. tanta informação, tantas dúvidas tiradas e o melhor, tanta experiência compartilhada. Obrigada meninas por dividir com nós leitores um pouco do que vcs vivem. Amo super. ❤❤😘

  2. Barbara 1 de fevereiro de 2019 at 2:20 PM - Reply

    Mlehor post da vida!
    Arrasaram demais, como sempre!

Leave A Comment

Contato

Entre em contato conosco pelo email: contato@mustsharebr.com