O que visitar em Toronto: roteiro de 7 dias

O que visitar em Toronto: roteiro de 7 dias. Se você está pesquisando o que fazer em Toronto, já deve ter percebido a quantidade infinita de opções de atrações turísticas e passeios na cidade.

Neste post você vai encontrar todas as informações de preços, horários o metrô/streetcar mais próximo de cada atração e o link do site oficial.

Sugestão Roteiro de 7 dias em Toronto

  • Dia 1: University Campus + Kensington Market + St Lawrence Market + Distillery District
  • Dia 2: CN Tower + Ripley’s Aquarium + Yonge Dundas Square
  • Dia 3: Nathan Phillips Square + Old City Hall + Toronto Island
  • Dia 4: Casa Loma + Royal Ontario Museum
  • Dia 5: Tour Niagara Falls + Niagara-on-the-lake + degustação de vinhos + Hornblower Niagara Cruises
  • Dia 6: Waterfront + Sugar Beach
  • Dia 7: Ontario Science Centre ou Toronto Zoo

View this post on Instagram

Toronto was magical! 💙 w/ @milafaria

A post shared by Bruna Faria (@brunapfaria) on

Dia 1 

University Campus + Kensington Market + St Lawrence Market + Distillery District

A nossa primeira parada foi um campus da universidade de Toronto na College St. Era bem próximo do nosso hostel e fomos caminhando. Os campus são tão lindos que viraram ponto turístico na cidade. Amamos nos hospedar nessa região porque tem vários bares cheios de universitários e achamos um clima bem a nossa cara haha 😉

Pertinho daí fica outra famosa atração turística é o Kensington Market. São várias ruas com restaurantes de todos os tipos, pubs, cafés etc. Eu parei para comer em uma hamburgueria chamada Top Gun Steak & Burguers. Super recomendada! O metrô mais perto é o St Patricks (1,2 km – 15 minutos).

Outro mercado bem famoso é o St Lawrence Market que é o principal mercado público da cidade. Está bem no centro histórico e a estação de metrô mais próxima é a King e precisa caminhar um pouco ;). Uma informação importante é que o mercado está fechado nas segundas e nos domingos.

A 15 minutos daí (1,2 km) está o Distillery District que também sempre está nos roteiros de todo mundo que vai a Toronto. Antes era uma destilaria de whisky que hoje deu  lugar a vários restaurantes, cafés, galerias de arte e até lojas de roupas. É bastante famoso no verão pelas terrazas e também no Natal.

Para chegar aí, o mais indicado é pegar o metrô até a estação Castle Frank (linha Bloor) e de lá pegar um uber ou um ônibus (65A Parliament) que te deixa direto na Distillery District. Esse sim abre todos os dias das 10 da manhã até as 9 da noite.

View this post on Instagram

Counting down to the next one 🌎✈️💙

A post shared by Bruna Faria (@brunapfaria) on

Dia 2

CN Tower + Ripley’s Aquarium + Yonge Dundas Square

De todas as atrações turísticas de Toronto sem dúvidas a CN Tower é a mais famosa. A torre de 553 metros de altura é uma das mais altas do mundo e tem uma das vistas mais bonitas da cidade. Nós não podíamos deixar de visitar 🙂 Essa era a atração que estava na nossa lista de “must-do” em Toronto.

O Ripley’s Aquarium está ao lado da CN Tower e por este motivo é comum visitar os dois no mesmo dia. Nós não gostamos muito de visitar aquários, mas resolvemos visitar pelo menos por algumas horinhas já que compramos o CityPass.

Se você quiser também pode visitar o Rogers Centre e até assistir um jogo de baseball. Os horários de visita e dos jogos estão no site oficial. A estação de metrô mais próxima destas 3 atrações (CN Tower, Aquário e Rogers Centre) é a Union.

A Yonge Dundas Square é uma mini Times Square no centro da cidade de Toronto. Tem várias lojas e o lugar sempre tem muita gente. Achei muito lindo e tirei várias fotos nesse lugar.  O metrô mais perto é o Dundas da linha Yonge.

View this post on Instagram

💛✨

A post shared by Bruna Faria (@brunapfaria) on

Dia 3

Nathan Phillips Square + Old City Hall

Você com certeza já viu alguma foto da Nathan Phillips Square localizada no centro da cidade entre as ruas Queen Street e Bay Street. É lá que tem os famosos arcos com o letreiro “Toronto”.  Está bem perto do terminal de ferries para visitar as ilhas de Toronto, por isso passamos por aí antes de pegar o ferry.

No caminho até o terminal você também vai ver a Old City Hall que é a prefeitura antiga da cidade. É um edifício bem diferente do resto dos edifícios da cidade e talvez por isso sempre chame muita atenção e seja considerado um dos pontos turísticos da cidade.

A estação de metrô mais perto destas duas atrações é a Queen. Nesse dia vocês também podem passar pela Dundas Square para visitar ou fazer compras. Está uns 700 metros (menos de 10 minutos caminhando).

Toronto Islands

Para visitar as ilhas você pode pegar um ferry que sai da Toronto Ferry Terminal localizado na rua Queens Quay (no final da Bay Street). A estação mais próxima do terminal é a Union (linha Yonge-University-Spadina).

São três ilhas Centre, Hanlan’s and Ward’s Island e você pode andar de uma para outra sem problemas. O ferry para a ilha central onde tem mais atrações é o mais lotado, então chegamos lá e pegamos qualquer um.

O trajeto do barco dura 20 minutos e já é super legal por ter uma vista linda do skyline de Toronto. Chegamos na ilha Hanlan’s e tiramos várias fotos lindas com a cidade de fundo. Os horários de saídas dos barcos podem ser encontrados aqui.

As filas são grandes, principalmente no fim de semana,  mas você pode comprar o ticket pessoalmente sem problemas. Nós não queríamos perder tempo, então quando vimos a fila resolvemos entrar no site e comprar o nosso bilhete na hora pelo celular.

Mais uma das vantagens em ter internet no celular durante as viagens 🙂 No lado esquerdo tem uma fila especial para quem comprou o bilhete pela internet então embarcamos em menos de 5 minutos.

Como foi usar o chip da Easysim4u com internet ilimitada no Canadá

Todos aproveitam principalmente no verão para andar de bicicleta, fazer churrasco e curtir a praia. Nós caminhamos bastante e depois paramos para comer algo na ilha central. Adoramos o passeio e recomendamos muito 🙂

A ilha é cheia de árvores, fica cheia no verão mas não sentimos que estava lotada. É bem grande e as pessoas ficam espalhadas. Na hora de ir embora tivemos que enfrentrar um pouco de fila, mas nada absurdo. Como bilhete é valido para a ida e a volta, você só precisa mostrá-lo na ida.

Dia 4

Casa Loma + Royal Ontario Museum

A Casa Loma é uma famosa atração turística em Toronto por ser uma mansão que mais parece um castelo. Foi construída por um milionário que acabou falindo pelos altos custos de manutenção da casa. Agora pertence à cidade de Toronto e está aberta ao público. Essa atração também está incluída no CityPass.

Nós recomendamos chegar de Uber, principalmente se estiver fazendo muito frio/calor. Nós fomos caminhando do nosso hostel, mas foi um pouco cansativo pelos morros e o calor que fazia.  Dividindo entre as duas o Uber deu bem barato :). O metrô mais próximo é o Dupont (550 metros).

O Royal Ontario Museum (ROM) é um dos museus mais famosos de Toronto e do Canadá. Eu fiquei horas aí e amei todas as exibições. Também é uma das atrações incluídas no CityPass. O metrô mais perto é o St. George (linha Bloor Danforth) e o Museum (linha Yonge-University).

Dia 5: Tour Niagara Falls

Tour Niagara Falls + Niagara-on-the-lake + degustação de vinhos (CAD 65)

Niagara Falls é um passeio que não pode ficar de fora do seu roteiro mesmo que tenha poucos dias. A cidade fica a mais ou menos 1 hora e 30 minutos de Toronto e você pode fazer por conta própria se quiser alugando um carro ou pegando um ônibus.

Nós fechamos um passeio com o nosso hostel para visitar o lado canadense do Niagara Falls, fazer uma degustação de vinhos e visitar a cidade Niagara-on-the-lake. ofereciam um desconto por fechar com eles e o passeio custou CAD 65.

Uma van passou em frente ao nosso hostel para nos levar ao ponto de encontro onde tinha um ônibus nos aguardando. Saímos um pouco atrasados, mas nada que tenha atrapalhado o resto do passeio.

Hornblower Niagara Cruises (CAD 27)

Nos meses mais quentes têm um passeio de barco de 20 minutos para ver as cataratas de pertinho. No ônibus turístico que pegamos o guia ofereceu este passeio antes de descermos por CAD 27 (preço com desconto). No site o bilhete custa CAD 29,32

Para quem for por conta própria e tiver mais tempo para aproveitar o Niagara Falls, eles vendem o Niagara Adventure Pass que inclui outras atrações como caminhar pertinho das Cataratas. Para mais informações e valores clique aqui.

Dia 6

Waterfront + Sugar Beach (atrações gratuitas)

Esse foi um dos meus dias favoritos!! Acho muito agradável cidades que tem Waterfront para passear. Em Toronto tem vários restaurantes e é lindo. Também aproveitamos para visitar a Sugar Beach – famosa pelo guarda sol cor de rosa e os navios que ficam próximos da praia.

Dia 7

Ontario Science Centre ou Toronto Zoo

O Ontario Science Centre e o zoologico de Toronto são as atrações mais distantes, por isso é bom pegar um dia inteiro para fazer uma destas atrações. As entradas destas atrações estavam incluídas no CityPass que compramos, mas nós não fomos (você tem que escolher entre um dos dois).

Eu teria escolhido o Ontario Science Centre que é o museu de ciências da cidade 🙂 Para chegar aí encontramos duas opções no site oficial:

  • Metrô até a estação Eglinton e depois ônibus Eglinton East (linha 34) –> descer em Don Mills Road.
  • Metrô até a estação Pape e depois ônibus Don Mills (linha 25 ou 185 Express) –> St. Dennis Drive (bem em frente ao Ontario Science Centre).

Para chegar no Zoologico da cidade encontramos as seguintes informações na internet:

  • Linha de ônibus 86A (sai da estação de metrô Kennedy. O ônibus funciona das 6 da manhã as 8 da noite todos os dias no verão e de segunda a sexta nas outras épocas do ano).
  • Linha de ônibus 85A  (via Toronto Zoo)e 85B (To Toronto Zoo) saindo da estação Don Mills e Rouge Hill Go Station. Funciona das 7 da manhã até as 8 da noite aos sábados, domingos e feriados.

Outras atrações turísticas em Toronto

CityPASS Toronto

Dependendo do que você quiser visitar em Toronto, vale a pena comprar o CityPASS. O passe é válido por 9 dias e dá direito a entrada em 5 dos principais pontos turísticos de Toronto. O CityPASS custa CAD 99,44 (CAD 88 + CAD 11,44 de impostos).

Se comprássemos os bilhetes separadamente pagaríamos CAD 142,91, mas com o CityPASS ficou 38% mais barato. Mesmo que você só queira ir em 3 atrações, por exemplo, já vale a pena comprar o CityPASS. É só fazer as contas 🙂

Atrações incluídas no CityPASS e seus preços individualmente:

  • CN Tower (CAD 38)
  • Royal Ontario Museum (CAD 17,70)
  • Casa Loma (CAD 26,55)
  • Ripley’s Aquarium of Canada (CAD 35)
  • Ontario Science Centre (CAD 19,47) ou Toronto Zoo (CAD 25,66)

Niagara Adventure Pass

A cidade de Niagara Falls também tem um CityPass parecido com o de Toronto para quem quiser fazer tours com desconto.

Fez um roteiro diferente? Tem recomendações de outros lugares que não citamos no post? Comente para passar suas dicas e ajude outros viajantes 🙂 Veja também nosso post Quanto custa viajar para o Canadá: roteiro de 7 dias


Gostou do post? Compartilha aí para que mais pessoas tenham acesso 🙂 . Se não quiser perder nossas atualizações, curta a página do facebook, instagram, se inscreve no canal

No facebook

comentários

By |2019-02-02T12:21:09+00:0015 novembro, 2018|Tags: , , |

About the Author:

Bruna Faria, 26, formada em Administração de Empresas pelo Mackenzie. Fez o primeiro intercâmbio aos 17 anos no Texas e o segundo aos 19 no México. Enquanto fazia faculdade na Europa em 2013, teve a idea de criar o Must Share Br (lançado em 2015). Além de produzir conteúdo para o blog, trabalha em uma consultoria especializada em mercado financeiro e hoje mora na Cidade do México. Acompanhem pelo instagram: @brunapfaria

Leave A Comment

Contato

Entre em contato conosco pelo email: contato@mustsharebr.com