Roteiro de 10 dias pela California de ônibus: San Diego, Los Angeles e San Francisco

Aproveitei que estou morando na Cidade do México para visitar a California nas férias! No post vocês vão encontrar todos os detalhes de como foi a minha viagem, quanto custou e um Roteiro de 10 dias pela California de ônibus.

Também vai encontrar como foi passar pela “fronteira” do México – Estados Unidos em 12 minutos e SEM FILAS pelo Cross Border Express (CBX) do aeroporto de Tijuana.

Desculpa desde já mas este post vai ser beeeeem longo, mas os detalhes podem ajudar quem estiver interessado em fazer uma trip parecida! Esse é o resumo do meu roteiro:

Roteiro de 10 dias pela Califórnia de ônibus: sugestão

  • Dia 1: Voo Cidade do Mexico -> Tijuana (CBX) || Lyft Tijuana (CBX) -> San Diego Downtown
  • Dia 2: San Diego (Balboa Park,  USS Midway, Hotel del Coronado, Gaslamp District) | Ônibus San Diego -> Los Angeles
  • Dia 3: Los Angeles (Third Promenade Street, Santa Monica Pier, Venice Beach) + Pub Crawl do hostel
  • Dia 4: Universal Studios
  • Dia 5: Los Angeles (Walk of Fame, Hollywood Sign, Griffith Observatory) || Ônibus Los Angeles -> San Francisco
  • Dia 6: San Francisco (City Hall, Fisherman’s Wharf, Lombard Street, Chinatown)
  • Dia 7: San Francisco (Alcatraz, Pier 39, Fisherman’s Wharf, Painted Ladies, Bernals Heights Park, Castro St)
  • Dia 8: San Francisco (Cable Car, Passeio de bicicleta até Sausalito, North Beach)
  • Dia 9: San Francisco (Sausalito e Muir Woods Park) | Ônibus San Francisco -> San Diego
  • Dia 10: Old Town San Diego || Lyft San Diego -> CBX || Voo Tijuana -> Cidade do México

DIA 1 – Chegando em Tijuana / San Diego

Eu comprei uma passagem do aeroporto da Cidade do México (MEX) a Tijuana (TIJ) e de lá passei a pé a San Diego nos Estados Unidos pelo Cross Border Express. Não sabe o que é isso? Eu também não sabia!

É um terminal transfronteiriço do aeroporto de Tijuana que conecta o aeroporto de Tijuana a cidade de San Diego nos EUA. Conto tudo sobre o Cross Border Express e a minha experiência no post: Tudo que você precisa saber sobre o Cross Border Express (em breve).

Meu voo da empresa Viva Aerobus sairia numa sexta às 21:20 e chegaria às 22:55, mas o voo atrasou e chegamos quase meia noite. Essa empresa quase sempre tem os melhores preços e destinos que eu quero, mas todos os voos que peguei com eles atrasaram. É um saco! Tem que ter paciência.

Voo Cidade do México a Estados Unidos

Se buscar com um tempo de antecedência, dá para encontrar voos saindo do México a partir de R$ 700 a vários lugares dos Estados Unidos. Para as datas que eu tinha, a passagem mais barata para a California era para Los Angeles por R$ 1200 (em outras datas achei por R$ 1031 também).

Eu também estava buscando passagens para Tijuana nas mesmas datas para ver se compensava mais. Encontrei uma por R$ 506 e fiz as contas:

  • Voo Cidade de México – Tijuana: MXN 2.532 / R$ 5 = R$  506,40
  • Ticket Cross Border Express: USD 30 x R$ 4 = R$ 120
  • Formulário I-94: USD 6 x R$ 4 = R$ 24
  • Total: R$ 650,40 (diferença de R$ 549,60 se comparado com a passagem para LA)

Se eu não tivesse a residência mexicana, teria que incluir nessa soma o valor de “derechos migratórios” na volta ao México 558 pesos (R$ 111,60) e o total seria R$  762,00. Ou seja, R$ 438 menos que a passagem para Los Angeles e com o plus de conhecer San Diego que eu AMEI! 🙂

Shuttle/Lyft do CBX a San Diego

O shuttle do CBX a San Diego custa USD 11, mas já não tinha shuttle na hora que chegamos (às 11 da noite). É bom sempre conferir as informações no site oficial, já que recentemente eles adicionaram um novo horário para o shuttle de Los Angeles (1:30 da manhã).

Além de San Diego e Los Angeles, também tem shuttle para outras 2 cidades: San Ysidro e Anaheim. No nosso post sobre o CBX você vai encontrar mais detalhes sobre isso.

Os shuttles da CBX são velhos e um pouco desconfortáveis (pelo menos o que nós pegamos), mas para uma viagem curta está bem. Os shuttles valem a pena principalmente se:

  • você estiver sozinho e não tiver com quem dividir Uber/Lyft;
  • for direto a Los Angeles (não vale a pena pegar Uber a San Diego e de lá pegar ônibus para LA).

Você também tem a opção de pegar um Lyft/Uber ou alugar um carro no CBX. Pegamos um Lyft (normalmente é mais barato que o Uber) até o Hi San Diego Downtown Hostel e pagamos USD 31 (dividido por duas pessoas).

Esse valor depende bastante do horário que você for! Outro dia à tarde pagamos USD 22 pelo Lyft do CBX até o centro de San Diego. Obs: Lyft é um aplicativo igualzinho ao Uber, muito usado nos EUA.  Baixe o app Lyft com o nosso código promocional!

Hospedagem em San Diego

Em toda a nossa viagem, ficamos em hostels da rede Hostelling Internacional. Eles tem hostels em várias cidades dos Estados Unidos e mantém um padrão de qualidade muito bom em todos que já visitamos.

Se você for no Booking vai ver que os hóspedes avaliam muito bem a limpeza, o staff, o café da manhã, a localização e a infraestrutura também! Em San Diego ficamos no Hi San Diego Downtown Hostel, mas eles também outro hostel em Point Loma. Colocamos todas as infos abaixo:

Hi San Diego Downtown Hostel

  • Endereço: 521 Market Street, San Diego, CA 92101
  • Preço: USD 35 quarto feminino compartilhado com 6 pessoas (café da manhã incluído)
  • Classicação Booking: no geral está como “Fabuloso” (nota 8,6) e Localização excelente (nota 9,4)
  • Reservas: Para fazer a sua reserva clique AQUI.
  • Contato: | Hi SD Downtown

Hi San Diego Point Loma Hostel

  • Endereço: 3790 Udall Street, Point Loma, San Diego, CA 92107
  • Preço: USD 35 quarto feminino compartilhado (café da manhã incluído)
  • Classicação Booking: no geral está como “Fabuloso” (nota 8,6) e Localização excelente (nota 8,3)
  • Reservas: Para fazer a sua reserva clique AQUI.
  • Contato: | Hi SD Point Loma

DIA 2 – Turistando em San Diego

Passamos uma tarde em San Diego e conhecemos os pontos principais que nos recomendaram: Balboa Park, USS Midway, Hotel del Coronado e Gaslamp District (pela noite).

Balboa Park

É um dos parques mais bonitos que já visitei na vida! Eu realmente amei. Tem mais de 16 museus, um jardim botânico, vários restaurantes e cafés. Fica perto de Downtown e do aeroporto de San Diego. Clique aqui para visitar o site oficial do Balboa Park.

Para chegar lá, nós pegamos o ônibus 215 do Metropolitan Transit System (MTS) por USD 2,25.  Foi super confortável e rápido. Achamos bem tranquilo pegar o transporte público da cidade.

Algumas dicas sobre transporte público de San Diego:

  • Pode pagar na hora quando subir no ônibus
  • Não tem cobrador, você tem que colocar o dinheiro na máquina ao entrar.
  • Os ônibus não devolvem troco, por isso tem que colocar o valor certinho.
  •  Você também tem a opção de comprar passes de 1, 2, 3 ou 4 dias. Todas as informações de preços e passes AQUI.

Endereço: 1549 El Prado, San Diego, CA 92101.

USS Midway

O USS Miway é um navio de guerra construído nos anos 40 que serviu como base aérea móvel para a marinha dos Estados Unidos. Hoje em dia é um museu muito famoso da cidade de San Diego, localizado no Navy Pier. Mesmo que você não entre no museu, pode ver os aviões de longe.

Se comprar pela internet, o bilhete para adultos custa USD 22 e você pode comprar no site oficial do museu clicando AQUI.

Endereço: 910 N Harbor Dr, San Diego, CA 92101

Hotel del Coronado

É um dos hotéis mais luxuosos da cidade de Coronado (vizinha de San Diego). É famoso por ser uma das maiores construções de estilo vitoriano que ainda existem no país. Está muito bem conservado e está aberto ao público para visitas.

Se você for até a praia que está em frente ao hotel, tem um barzinho de música ao vivo que chama Beach + Taco Shack. Amamos este lugar!! Chegamos no Hotel del Coronado de ônibus também.

Pegamos o ônibus #901 do ponto “Broadway & 3rd Av” e depois de 40 minutos descemos na parada “Orange Avenue & Glorietta Boulevard” que está pertinho do Hotel del Coronado (USD 2,25)

Endereço: 1500 Orange Ave, Coronado, CA 92118

Gaslamp District

É um bairro cheio de restaurantes, barzinhos no centro da cidade de San Diego. O hostel que ficamos fica bem nesse bairro! Um clima muito bom em todos os dias da semana, mas claro que lota mais no fim de semana. Vale muito a pena ficar hospedado lá por perto para curtir os bares.

Lembrando que apenas maiores de 21 anos podem beber e entrar em bares nos EUA.

Ônibus San Diego a Los Angeles

Para ir de San Diego a Los Angeles compramos uma passagem de ônibus por USD 5,99 com a empresa Flixbus. Infelizmente acabamos perdendo esse ônibus porque confundi os horários (pensei que era às 22:20, mas essa era a hora da chegada).

Tivemos que buscar outra alternativa para chegar a Los Angeles porque já não tinha outro ônibus da Flixbus. Encontramos o trem da Amtrak, mas já sabíamos que era muito caro até comprando com antecedência, imaginem de última hora. Sem condições!

Felizmente o meu amigo lembrou dos shuttles do Cross Border Express. Foi a nossa única opção para chegar a Los Angeles naquela noite. Pegamos um Lyft do nosso hostel até o CBX por USD 23 e depois a nossa passagem de shuttle custou USD 25.

Depois quando chegamos em Los Angeles, tomamos um Lyft da parada do shuttle até nosso hostel que era em Santa Monica por USD 19,25. A parada é num ponto no meio do nada e escuro.

Quando você chega tem várias pessoas oferecendo táxi, mas claro que Lyft era bem mais seguro. Não parecia muito seguro esse lugar, principalmente para quem viaja sozinho e à noite. Eu estava feliz de não estar sozinha. Então cuidado com isso se for usar esta opção 🙂

Se você for pegar o ônibus da Flixbus e se hospedar no hostel que ficamos, as paradas mais próximas são UCLA (16 minutos) ou USC (23 minutos), enquanto a parada de Dowtown é a mais longe (30 minutos). Dependendo da hora que chegar, pode demorar ou mais ou menos por causa do trânsito.

A viagem é de 2 horas e 25 minutos (o ônibus que escolhemos era das 19:55 até as 22:20). Eles têm 3 paradas em Los Angeles: Downtown, USC e UCLA. Os endereços são os seguintes:

  • Los Angeles Downtown: Vignes Lot 501-503 E Cesar E Chavez Ave Los Angeles, CA 90012
  • USC: 3492 S Hope St Los Angeles, CA 90007
  • UCLA: 592 Gayley Ave Los Angeles, CA 90024

Usamos o ônibus da Flixbus na volta de San Francisco a San Diego e foi bem tranquilo e confortável. A única coisa ruim é que não tem muitos horários, então é bom comprar a passagem com antecedência! Lembrando que os valores das passagens sempre dependem do horário, do dia e da antecedecência da compra também.

DIA 3 – Aproveitando em Los Angeles

Third Promenade Street

É um calçadão bem pertinho do Pier de Santa Monica e do lado do hostel que estávamos hospedados (Hi Los Angeles Santa Monica). Tem várias lojas, restaurantes, bares, artistas de rua cantando ou dançando. É ainda mais lindo na primavera cheinho de flores!

Santa Monica Pier

O Pier de Santa Monica é sem dúvidas um dos pontos turísticos mais famosos da Califórnia. Também já apareceu em vários filmes e séries de TV e claro que todo mundo tem vontade de visitar esse lugar! São apenas 10 minutos caminhando desde o hostel.

Lá tem um parque de diversões chamado Pacific Park, restaurantes e lojinhas de souvenir. Nós experimentamos o hamburguer do “Pier Burguer” e achamos bom. Pagamos USD 11,5 por pessoa.

Para os brinquedos, tem tickets individuais e os valores variam de USD 5 a USD 10 ou o plano ilimitado para ir nas atrações quantas vezes quiser por USD 34,95 para adultos e USD 18,95 para crianças menores de 7 anos. Se comprar pela internet tem desconto de 10%.

Venice Beach

Outro símbolo da cidade de Los Angeles que todo mundo que vai à California quer conhecer: Venice Beach. É onde tem uma das pistas de skate mais famosas do mundo, mas além disso também tem quadras de basquete, quadras de tênis, área de musculação. Também tem restaurantes, bares e lojinhas.

Nós fomos para lá de transporte público também com o ônibus #1 da Big Blue Bus (USD 1,25) – linha Main St & Santa Monica Blvd. Sai de um ponto de ônibus pertinho da estação de metrô de Santa Monica na rua 4th & Broadway.

Pode descer em qualquer ponto da Main Street porque o calçadão da Venice Beach é gigante. Mas o último ponto (Main Street e Market Street) é o que está bem perto da pista de skate.

Pub crawl do hostel

O Hi Los Angeles Santa Monica Hostel oferece Pub Crawl todas as sextas e domingos. Como íamos acordar cedo no dia seguinte para ir ao parque da Universal, só acompanhamos o grupo nos dois primeiros bares.

Foi uma experiência boa e a melhor parte é que não tivemos que pagar nada. Só o que íamos beber 🙂 já vi vários hostels que cobram o Pub Crawl e você também tem que pagar o que for beber, claro.

Essas atividades organizadas de hostel são ótimas para conhecer pessoas e ideal para quem viaja sozinho. Recomendo buscar hostels que têm atividades e lugares para interagir com a galera.

Hospedagem em Los Angeles

Hi Los Angeles Santa Monica Hostel

  • Endereço: 1436 2nd Street, Santa Monica, Los Angeles, CA 90401
  • Preço: USD 52 quarto feminino compartilhado com 6 pessoas
  • Classicação Booking: no geral está como “Fabuloso” (nota 8,7) e Localização excelente (nota 9,6)
  • Reservas: Para fazer a sua reserva clique aqui.
  • Contato: | Hi LA Santa Monica

DIA 4 – Conhecendo a Universal Studios de Los Angeles

Como não alugamos carro, fomos à Universal Studios de metrô por USD 1,75. Você tem que pegar o Metro Rail Expo Line saindo da estação “Downtown Santa Monica” e fazer baldeação na estação 7th St/Metro Center em direção a Universal City Station.

É uma viagem de 1 hora e 17 minutos, mas achei que valeu muito a pena! Um ótimo custo-benefício. Quando você chega na estação, pode caminhar até o parque ou então pegar um shuttle grátis. Nós fomos caminhando e na volta pegamos um shuttle.

Quanto aos bilhetes compramos os nossos com antecedência pela internet por USD 109. Pagamos esse valor porque fomos em uma segunda-feira, mas em outros dias o bilhete é mais caro.

É importante lembrar que dependendo do dia, os horários de abertura do parque são diferentes. Fecha mais tarde nos finais de semana, por exemplo. Para saber qual é o horário de funcionamento no dia da sua visita é só entrar no site oficial.

Quando chegamos já tinha muita fila e demoramos mais ou menos uns 30 minutos para entrar. Já fomos direto ao parque do Harry Potter e foi maravilhoso! Eu sou muito fã, então valeu muito a pena ver de novo. Eu já tinha ido no parque da Universal na Flórida, mas ainda assim valeu muito a pena ir na Califórnia também.

O parque do HP é bem parecido (praticamente igual), só não tem o passeio de Gringotts. Não tem outras montanhas russas legais que tem na Flórida, mas tem várias atrações 3D e um tour pelos estúdios de gravação incrível (foi o meu favorito). Ou seja, é bem focado em filmes (hollywood né? faz sentido).

DIA 5 – Mais um pouco dos principais pontos de LA

Walk of Fame

Todo mundo conhece a Calçada da Fama não é mesmo? É uma rua com várias (+ de 2000) estrelas cor de rosa com o nome das principais celebridades do mundo do cinema, teatro, música e rádio.

Nós também chegamos lá de metrô por USD 1,75. Saimos da estação “Downtown Santa Monica” e descemos na estação Hollywood/Vine. Aproveitamos a passadinha por lá para comer no Shake Shack e passar num shopping bonito que tem lá perto com vista para o Hollywood Sign.

Depois pegamos um Lyft (USD 6) até a Mulholland Highway perto do parque Lake Hollywood que é onde as pessoas vão para ter uma vista legal do Hollywood Sign.

Hollywood Sign

O letreiro de Hollywood foi construído para fazer parte de uma campanha publicitária de condomínios na região. Ia ser temporário, mas acabou ficando permanemente! É um dos símbolos da cidade de Los Angeles e todo mundo que visita a cidade quer ter uma fotinho com o letreiro de fundo.

O letreiro apareceu em vários filmes e séries, como por exemplo, Amizade Colorida com Justin Timberlake e Mila Kunis, no filme O Dia Depois de Amanhã e na série Beverly Hills 90210.

Depois demos uma passadinha no parque Lake Hollywood que também tem uma vista do letreiro e de lá pegamos um Lyft para Griffith Observatory (USD 8).

Griffith Observatory

Outro lugar que vale muito a pena visitar e tem vistas incríveis da cidade e do letreiro de Hollywood é o Griffith Observatory. A entrada é grátis, mas se você quiser ver a apresentação do planetário tem que pagar USD 7. Os horários de funcionamento são os seguintes:

  • Segundas: fechado
  • Terças, quartas, quintas e sextas: do meio dia às 10 da noite.
  • Sábados e domingos: das 10 da manhã às 10 da noite.

Nós fomos de Lyft até a entrada do estacionamento e depois subimos caminhando até o Griffith Observatory. No site oficial do Observatório, eles recomendam que as pessoas peguem o ônibus DASH Observatory para chegar ao parque e evitar o trânsito em horários de pico.

Só usamos esse ônibus na volta (USD 1) para ir do estacionamento do Observatório até a estação Vermont/Sunset Metrô (linha Vermelha – USD 1,75) para voltar a Santa Monica de transporte público.

Endereço: 2800 East Observatory Rd. Los Angeles, CA 90027

LACMA

O Los Angeles County Museum of Art, mais conhecido como LACMA, é um museu de Los Angeles que tem mais de 3 mil obras de arte, inclusive de artistas reconhecidos como Diego Rivera e Pablo Picasso.

Também é lá que tem a famosa Urban Lights que você provavelmente já viu por todo o instagram. São mais de 200 postes de luz na entrada do museu (você não precisa entrar no museu para vê-las).

A entrada custa USD 15 ou USD 20 quando tem exposições especiais. Na segunda terça-feira de cada mês é grátis. Os horários para visita são os seguintes:

  • Segundas, terças e quintas: 11 da manhã as 5 da tarde
  • Quarta-feira: fechado
  • Sextas: 11 da manhã as 8 da noite
  • Sábados e domingos: 10 da manhã as 7 da noite.

Endereço: 5905 Wilshire Blvd. Los Angeles, CA 90036

Pier de Santa Monica à noite

Como o hostel era muito perto do Pier de Santa Monica, fomos à noite para ver o parque de diversões (Pacific Park) todo iluminado. Foi tranquilo caminhar até lá e nos sentimos seguros todo o tempo.

O horário de funcionamento do parque depende da época do ano e do dia da semana. Por isso, recomendamos que vocês entrem no site oficial para conferir os horários nas datas exatas da sua viagem. Por exemplo, acabo de entrar no site para ver os horários da última semana de Junho:

  • Segunda, terça, quarta, quinta e domingo: 11 da manhã às 11 da noite.
  • Sexta: 11 da manhã às 6:30 da tarde. Vão fechar mais cedo para um evento privado.
  • Sábado: 10 da manhã até meia noite e meia.
Ônibus de Los Angeles a San Francisco

Pela noite pegamos um Lyft para o ponto da Megabus (USD 23,40) onde saia o ônibus a San Francisco. O serviço da Flixbus é bem melhor que da Megabus, mas não tinha esta rota Los Angeles -> San Francisco.

O ônibus é de 2 andares e um pouco incômodo, mas nada grave. A viagem é de mais ou menos 8 horas e o bilhete custou USD 16,24. Nós saimos as 23:0o de Los Angeles e chegamos em San Francisco às 07:05.

As paradas de onde sai/chega esse ônibus em cada cidade são as seguintes:

  • Los Angeles: Union Station’s Patsaouras Transit Plaza Bay
  • San Francisco: San Francisco Caltrain Stn Townsend St eastbound, na esquina com a 5th St (perto da estação Caltrain)

DIA 6 – Check in San Francisco

Quando chegamos em San Francisco pegamos um Lyft compartilhado para o hostel (USD 6,19). Como chegamos bem cedinho não podíamos fazer check in ainda, então resolvemos deixar a nossa mala no hostel e tomar um café da manhã bem americano no Honey Honey.

Recomendo MUITO esse restaurante. Amei! Perfeito para um café da manhã bem gringo e de filme haha. Pagamos USD 13,24 por pessoa.

City Hall

A prefeitura de San Francisco é um dos edifícios mais bonitos do centro da cidade. É muito famoso pelos casamentos. Na sua visita, com certeza, você vai encontrar várias noivas de branco tirando fotos nas escadas.

Na última vez que visitei, vi que muita gente conhecida se casou aí como é o caso de Frida Kahlo e Diego Rivera, Marylin Monroe e Joe Di Maggio. Vi também que você não precisa ser americano para se casar lá!

Tem tours gratuitos pela prefeitura com acesso a áreas restritas de segunda a sexta às 10, 12 e 2 da tarde. Tem duração de 40 a 45 minutos e você tem que colocar o seu nome numa lista para participar.

A visita vale muito a pena e a melhor parte é que a entrada é grátis. Obs: se você estiver de mochila, vai ter que entrar por uma porta lateral.

Endereço: 1 Dr Carlton B Goodlett Pl, San Francisco, CA 94102

Chinatown

Várias cidades do mundo têm um bairro chinês onde você pode encontrar vários restaurantes, lojas chinesas. Já vi Chinatown em Toronto e em Nova York também, por exemplo. Em San Francisco é a mesma coisa!

Vale muito a pena conhecer também 🙂 é como se fosse uma parte da China na Califórnia. Até as placas de bancos americanos, por exemplo, estão em chinês.

Hospedagem em San Francisco

Nós ficamos hospedados no hostel Hi San Francisco Downtown que fica perto da Union Square. A experiência foi ótima! Adoramos a localização, a infraestrutura e o café da manhã. Eles também tem outra unidade perto do Fisherman’s Wharf (o mais lotado).

Hi San Francisco Downtown Hostel

  • Endereço: 312 Mason Street, Union Square, San Francisco, CA
  • Preço: USD 65 quarto feminino compartilhado com 4 pessoas (café da manhã incluído)
  • Classicação Booking: no geral está como “Muito bom” (nota 8,4) e Localização excelente (nota 9,3)
  • Reservas: Para fazer a sua reserva clique aqui.
  • Contato: | Hi SF Downtown

Hi San Francisco Fisherman’s Wharf Hostel

  • Endereço: 240 Fort Mason, Marina District, San Francisco, CA 94123,
  • Preço: USD 48,25 quarto misto compartilhado com 20 pessoas (café da manhã incluído)
  • Classicação Booking: no geral está como “Muito bom” (nota 8,2) e Localização excelente (nota 9,1)
  • Reservas: Para fazer a sua reserva clique aqui. É recomendado fazer com antecedência!

DIA 7 – Ilha de Alcatraz 

Pegamos um Lyft compartilhado do hostel Hi San Francisco Downtown até o Pier 33 de onde sai o ferry para Alcatraz (USD 8).

Passeio de Alcatraz

A ilha de alcatraz passou de forte militar para prisão militar e depois anos mais tarde para uma prisão federal de segurança máxima. Um dos crimonosos mais buscados pelo FBI, Al Capone, passou anos nessa ilha.

Desde 1972 é um parque nacional que recebe visitantes de todos os lugares do mundo! Na primeira vez que fui a San Francisco, não visitei Alcatraz e não liguei muito porque achei que não seria uma experiência tão legal.

Fui agora em 2019 e tenho que falar que foi uma experiência bem interessante e totalmente diferente do que eu pensava. O mais legal desse passeio é que eles fornecem um audio tour guiado. Você pode escolher em qualquer idioma e seguir as indicações do áudio para descobrir um pouco mais da história do lugar.

Você vai andando pelas instalações da prisão e imaginando tudo que aconteceu lá. O audio tour é contado por prisioneiros, por pessoas que trabalhavam em Alcatraz e por familiares dos funcionário de Alcatraz que também moravam na ilha.

Os bilhetes custam USD 39,90 e é muito recomendado comprar com antecedência. Também recomendamos que vá nos primeiros horários. Clique AQUI para conferir os horários e preços.

Nós fomos às 9:10 da manhã e já estava cheio, mas bem tranquilo! Às 11 da manhã pegamos o ferry de volta e já estava um pouco mais difícil de caminhar pelas instalações. Tinha muita gente!

Pier 39

Depois que voltamos de Alcatraz, caminhamos do Pier 33 até o Pier 39 (5 minutos). Apesar do Pier de Santa Monica ser muito mais famoso que o Pier 39 de San Francisco, eu acho que o de San Francisco é bem mais fofinho e de filme! Amo muito.

O Pier tem dois andares com várias lojas, restaurantes, sorveterias e cafeterias! A atração principal são os leões marinhos que ficam tomando sol e brincando nesse pier. São muito fofos e todo mundo fica aí pelo menos uns 10-20 minutos só observando os bichinhos.

Fisherman’s Wharf

É o local onde foi construído o primeiro porto da cidade de San Francisco e hoje em dia é uma das zonas turísticas mais importantes da cidade. Tem várias barraquinhas com comidas de frutos do mar. Nós provavamos o famoso Clam Chowder Bread Bowl por USD 9,45.

Depois pegamos um Lyft compartilhado para visitar as Painted Ladies no parque Alamo Square por USD 9.

Alamo Square (Painted Ladies)

Com as suas casas coloridas de estilo vitoriano construídas em 1800 e pouco, conhecidas como “Painted Ladies”, a cidade de São Francisco é beeem de filme mesmo. As mais conhecidas de todas com certeza são as casinhas que apareceram na abertura da série Full House.

Elas ficam no bairro residencial Alamo Square em frente ao parque de mesmo nome (Alamo Square Park). É lindo e ideal para tirar foto :). Vale muito a pena a visita!

Endereço: Steiner St & Hayes Street, San Francisco, CA 94117

Bernal Heights Park

O Bernal Heights Park é um parque em uma zona residencial que tem uma vista panorâmica da cidade e um balanço para tirar fotos bem bonitas com a cidade de San Francisco de fundo. Quando fomos tinham poucas pessoas 🙂

Para chegar lá, fomos até um ponto de ônibus que fica entre as ruas Divisadero St & Oak St (fica pertinho do Alamo Square Park – mais ou menos 5 minutos caminhando). Pegamos o ônibus #24 e depois de 30 minutos descemos no ponto Cortland Ave & Andover St e caminhamos mais 5-7 minutos até o parque.

Depois que visitamos o Bernal Heights Park, pegamos o mesmo ônibus da ida (caminho contrário) para visitar o bairro Castro. Este bairro LGBT é mundialmente conhecido e um dos símbolos da cidade de San Francisco também.

Todas as lojas, os restaurantes e as ruas do bairro são lindos! Visitamos uma livraria super fofa, andamos pelas ruas e tiramos fotos na faixa de pedestre toda colorida na 18th Street. Vale a pena conhecer! Por fim, pegamos um ônibus para voltar ao hostel.

À noite fomos jantar em um restaurante japonês muito recomendado pertinho do hostel (5-8 minutos caminhando)! É o Sushi Elephant que fica na 705 Geary St. Não é tão caro, mas só aceita dinheiro (gastamos USD 11 por pessoa).

Endereço: 3400-3416 Folsom St, San Francisco, CA 94110

DIA 8 – Cable car + conhecendo San Francisco de bicicleta

Cable Car (bondinho)

Apesar de ser um transporte público como outro qualquer em San Francisco, o Cable Car virou uma atração turística “obrigatória” para quem passa por San Francisco. Eu amei a experiência!! Eu já tinha ido em 2017 e fui de novo nessa viagem, mas dessa vez peguei uma rota diferente.

Peguei o bondinho da linha Powell & Hyde St que sai da Powell St (rua que está próxima da Union Square onde estávamos hospedados), passa pela Lombard Street e para pertinho do Fisherman’s Wharf.

As outras linhas de Cable Car são as seguintes:

  • Powell & Mason St – também sai da Powell St, mas faz um caminho diferente: passa pela Chinatown, Little Italy e para pertinho da Lombard Street.
  • California St – essa linha só passa pela rua California (uma das ruas mais famosas da cidade).

Dicas sobre o Cable Car:

  • O bilhete custa USD 7 – você pode comprar antes ou pagar na hora.
  • Pode subir no Cable Car tranquilo! Um funcionário vai pedir o seu bilhete ou dinheiro depois.
  • Você pode comprar um passe ilimitado para usar o Cable Car o dia todo por USD 17.
  • Passes como CityPASS (USD 94) também dão direito a viagens ilimitadas de Cable Car.
  • É melhor parar na Lombard Street e depois caminhar até o Fisherman’s Wharf (assim você não tem que subir o morro depois para conhecer a Lombard St).
Tour de bicicleta por San Francisco e Sausalito

Um dos passeios mais comuns de San Francisco é visitar os principais miradores com vistas lindas da cidade e da Golden Gate Bridge de bicicleta. O ponto de partida normalmente é o Fisherman’s Wharf e o ponto final é a cidade vizinha Sausalito.

Nós alugamos uma bicicleta da loja Basically Free Bike Rentals para o dia todo por USD 32, mas tem outras empresas com preços bem parecidos. Escolhi essa empresa porque tem uma das melhores avaliações do TripAdvisor. Eles ficam na 2568 Jones Street.

Eles realmente são ótimos! São rápidos, educados e fornecem cadeado, bicicletas de qualidade e capacete. Também passam um telefone para caso você tenha problemas no meio do caminho.

Outra coisa muito boa (acho que é a melhor parte) é que você pode ir à uma loja chamada Sports Basement para trocar o valor do aluguel da bicicleta por algum produto.

Nossas paradas preferidas foram: Golden Gate Park, Palace of Fine Arts, Fort Point, Vista Point, Golden Gade Bridge, Sausalito. Quando você chega em Sausalito, tem 3 opções:

  1. devolver a bike por USD 10
  2. voltar de ferry com a bike por USD 12,50 ou USD 6,75 (se tiver o cartão Clipper)
  3. voltar de bike e devolver na loja

Contamos toda a nossa experiência e os detalhes do aluguel no post Passeio de bicicleta pela Golden Gate Bridge: de San Francisco a Sausalito (em breve).

No hostel que ficamos (Hi San Francisco Downtown) tinha um passeio de bike em grupo por USD 16 que já incluía o aluguel da bike e o ferry de volta (Sausalito a San Francisco). Um ótimo negócio e bem mais em conta!

Nós não tinhamos visto isso antes e também preferíamos fazer o passeio por nossa conta para demorar quanto tempo a gente quisesse em cada parada.

North Beach

Na volta fomos caminhando para o hostel e conhecemos o bairro italiano North Beach. Estava muuito lotado! Adorei a vibe 🙂 Vale a pena visitar também se você tiver mais tempo em San Francisco.

DIA 9 – Sausalito e Muir Woods Park

Sausalito

A poucos km de San Francisco tem uma cidade pequena e fofa chamada Sausalito. Como tudo na Califórnia é aquela cidadezinha bem de filme, mas que tem um plus maravilhoso que é a vista para a península de San Francisco. A rede de hostel que ficamos também está em Sausalito:

Hi Marin Headlands Hostel

  • Endereço: Fort Barry Building 941, Sausalito, CA 94965
  • Preço: USD 36 quarto feminino compartilhado com 8 pessoas (café da manhã incluído)
  • Classicação Booking: no geral está como “Bom” (nota 7,9) e Localização ótima (nota 8,4)
  • Reservas: Para fazer a sua reserva clique aqui.

Lyft San Francisco – Sausalito

Nós planejávamos ir de ônibus até Sausalito. Vimos que saía um ônibus perto do hostel e fomos mais cedo para ter certeza que não íamos perdê-lo. Isso porque tinhamos comprado um bilhete do shuttle do Muir Woods Park que saia às 9 da manhã em ponto.

Acontece que o ônibus passou pela gente no ponto e NÃO parou! E vimos na internet que o ônibus passava de hora em hora. Esperamos por mais uns 15 minutos e vimos no Google que o próximo só passaria em 1 hora mesmo.

Tínhamos que chegar em Sausalito de qualquer forma, então o que fizemos foi pegar um Lyft até o ponto de ônibus que sairia o shuttle do parque Muir Woods (USD 27).

Ônibus San Francisco – Sausalito

Tem um ônibus que sai perto do hostel (15 minutos caminhando). Também vimos que tem ônibus que sai de um ponto pertinho do Fisherman’s Wharf e vai até Sausalito.

Essa é uma opção econômica, mas como comentei o ônibus não parou e íamos perder nosso shuttle para o Muir Woods. Melhor só considerar o ônibus se tiver com tempo e sem problemas com horários.

Nós só conseguimos pegar o ônibus para voltar a San Francisco. Pegamos o ônibus #30 que sai da rua principal da cidade (Bridgeway) bem pertinho da famosa hamburgueria da cidade (Hamburguers). O trajeto demora 30 minutos e custa USD 6,50.

Descemos na parada O’Farrell St & Van Ness Ave e caminhamos mais 10-15 minutos para chegar no hostel.

Ferry San Francisco – Sausalito

Tem duas empresas que oferecem o serviço de Ferry em Sausalito: a Blue and Gold Fleet e a Golden Gate Ferry. As principais diferenças entre as empresas são a forma de comprar, o preço e o destino final:

  • Blue and Gold Fleet
    • você tem que comprar a passagem na internet ou dentro do ferry
    • o destino final é o Pier 41 (perto do Fisherman’s Wharf)
    • a passagem custa USD 13.
  • Golden Gate Ferry
    • a passagem deve ser comprada nas máquinas que estão no local de onde saem os ferries
    • o destino final é o Ferry Building (um mercado muito conhecido da cidade)
    • a passagem custa USD 12,50 (ou USD 6,75 com o Clipper – cartão do transporte público da Bay Area)

Mais informações sobre o cartão Clipper:

Esses cartões (USD 3) são vendidos nas máquinas do MUNI metrô, nas máquinas do Golden Gate Ferry ou também nas farmácias Walgreens, por exemplo.  Tem outros locais que vendem, clique AQUI para ver o mapa.

Clique AQUI para saber em quais redes de transporte você poderia usar esse cartão. Vale a pena ter o Clipper porque como vocês viram ele dá descontos nas passagens (inclusive do ferry).

Outras vantagens são: você não precisa garantir que tem as moedinhas exatas (os ônibus não dão troco) e pode fazer baldeações de até 90 minutos sem pagar o próximo ônibus, por exemplo. Mais informações clique AQUI para acessar o site oficial.

Uma passagem avulsa para usar o transporte em San Francisco custa USD 2,75 (e vai aumentar para USD 3 a partir do dia 1 de julho de 2019). Se você usar o cartão Clipper, paga USD 2,50.

Outra forma de economizar também é usando o app MuniMobile (passagens avulsas por USD 2,50) ou também tem a possibilidade de comprar Muni’s $5 Day Pass no app.

Usando o cartão Clipper ou o app, você pode comprar passes para viagens ilimitadas de 1 dia (USD 12), 3 dias (USD 29) e 7 dias (USD 39). Todos os preços e passes disponiveis estão no site oficial.

Muir Woods Park

O Muir Woods Park fica na cidade de Mill Valley, pertinho de Sausalito. O caminho para lá é cheio de curvas e por isso é um pouco demorado. É bem parecido com outros parques que fui na Califórnia na roadtrip que fizemos em 2017. É bem cuidado, tem áreas de picnic, banheiro limpinho etc.

No parque você vai ver as arvóres gigantes (as redwoods) que são um tipo de sequóia. É lindo e impressionante de ver. Tem várias trilhas e você pode passar o dia todo lá!

Você pode comprar o seu bilhete na hora ou pela internet. Nós compramos o nosso shuttle (USD 3) e a nossa entrada (USD 15) para o parque pela internet com antecedência e foi realmente a melhor coisa que fizemos.

Nós fomos meia hora antes da saída do primeiro shuttle e a fila já estava bem grande! Só conseguimos entrar porque muita gente não tinha comprado o shuttle antes e a preferência é para quem comprou pela internet. Ainda bem! Senão íamos ter que esperar 1 hora para o próximo.

Outras dicas sobre o Muir Woods Park:

  • Compre entrada e shuttle com antecedência
  • Não tem sinal nem wifi no parque. Você precisa fazer download da sua entrada antes de chegar no local!
  • Os shuttles só funcionam fim de semana e feriados.
  • O shuttle só tem 25 lugares, então não deixe para ir no último!
  • Você também pode considerar chegar lá de Uber/Lyft.
  • Outra alternativa é ir de ônibus turístico. O City Sightseeing, por exemplo, oferece visita Sausalito + Muir Woods Park por USD 79,99
Ônibus San Francisco a San Diego

Na volta de San Francisco a San Diego, pegamos o ônibus da Flixbus às 23:25 e chegamos às 9:50 (USD 15) A parada da Flixbus em San Francisco que escolhemos fica entre as ruas Townsend e a 5th. O endereço é Townsend Street San Francisco, CA 94107. Para chegar lá fomos de Lyft compartilhado (USD 6,48)

Eles têm outra parada em San Francisco na rua 501 Buckingham Way. Já em San Diego a Flixbus tem 4 paradas e no momento da compra da internet você tem que escolher em qual irá descer, mas percebemos que dá para descer em qualquer uma.

La Jolla: Westfield UTC, 4545 La Jolla Village Dr Suite E-1 San Diego, CA 92122 (a parada está no Westfield UTC Mall na parte de rideshare pick up/drop off, em frente a loja Pirch).

San Diego Mission Valley: Westfield Mission Valley – 1640 Camino Del Rio N San Diego, CA 92108 (vai ter uma placa na calçada em frente a Buffalo Wild Wings).

San Diego Old Town: 2728 Congress St San Diego, CA 92110 (na frente do estacionamento A)

Balboa Park: Presidents Way San Diego, CA 92101 (perto da Pan American Plaza no Balboa Park)

DIA 10 – Old Town San Diego

No último dia já estávamos muito cansados porque tínhamos feito o tour da bicicleta (26 km) e uma trilha bem longa no Muir Woods Park. Só queríamos descansar! Então resolvemos não turistar nesse dia e ficar só na Old Town San Diego.

Estava tendo uma comemoração de 5 de maio e ficamos o dia todo nos parques dessa região. Daria para ter ido a La Jolla Beach e Pacific Beach tranquilamente e inclusive tem ônibus que saem da Old Town para as praias.

À tarde fomos ao Cross Border Express para pegar o nosso voo de volta à Cidade do México. Chegamos mais cedo para não perder o voo caso tivesse fila no CBX, mas não tinha. Nenhuma. Eu demorei 5 minutos para passar pela imigração mexicana.

O nosso voo era às 23:55 e chegava na Cidade do México às 04:55. Atrasou de novo e chegamos às 7:30 da manhã. Antes de passar para o lado mexicano do terminal, você precisa depositar o formulário I-94 nas caixas pretas que ficam na parte americana do CBX ou depois do duty free (em direção a parte mexicana).

Dicas extras: seguro viagem e chip de internet

Seguro Viagem

Como sempre, não saímos de casa sem um seguro viagem!! Acidentes acontecem e a gente pode ficar doente do nada não é mesmo? Aquelas comidinhas diferentes, passeios mais radicais, esforços que não estamos acostumados. Não dá para brincar com a saúde.

Nesse tipo de viagem que fizemos, o o seguro viagem é ainda mais importante porque 1) o tratamento médico é super caro nos EUA; 2) andamos mais de 30 km de bicicleta, fizemos trilha etc. O seguro viagem é barato e vale muito a pena!

Nós comparamos os preços e os seguros existentes no mercado com o Real Seguro Viagem. Você só tem que escolher o seu destino, as datas da sua viagem e eles mandam a cotação no seu e-mail.

Em poucos minutos você já consegue escolher o melhor seguro (com o melhor preço), pagar com cartão de crédito (e em até 12x sem juros), receber a apólice do seu seguro por e-mail e viajar tranquilo!

Para 10 dias um seguro viagem para os Estados Unidos pode sair a partir de R$ 62,27. Eu escolhi um mais completo com uma cobertura boa por R$ 93,19.

Chip Internet 

Nós recomendamos e amamos usar o chip da Easysim4u. Você já chega no país conectada desde o avião e pode pedir Lyft, usar o Google maps e Waze à vontade, escolher os melhores restaurantes no TripAdvisor e também ver horários/preços das atrações turísticas.

Viajar com internet é ótimo principalmente para quem não fala outro idioma. Com a internet fica tudo mais fácil. E claro tem o plus que você pode compartilhar toda a sua viagem nas redes sociais o tempo todo.

Um chip para 10 dias custa USD 52 mais o frete USD 5,50 (valor de referência para a cidade de São Paulo) para eles entregarem na sua casa. No nosso post Como foi usar o chip da Easysim4u com internet ilimitada nos EUA contamos como foi a nossa experiência usando o chip da Easysim4u.

Quanto custa viajar pela California de ônibus?

  • Voo Cidade do México – Tijuana: R$ 650,40
  • Ônibus entre as cidades + Lyft até o hostel:  USD 139,50 x R$ 4 = R$ = 558,00
  • Transporte público + Lyft para atrações: USD 58,25 x R$ 4 = R$ 233,00
  • Alimentação: USD 194,15 R$ 4 = 388,30
  • Tours: USD 205,90 x R$ 4 = 823,60
  • Hostels: USD 386 x R$ 4 = R$ 1.544,00
  • Chip internet: USD 57,50 x R$ 4 = R$ 230,00
  • Seguro viagem: R$ 93,19
Total de gastos POR PESSOA**:
  • Voo: R$ 650,40
  • Durante a viagem: R$ 3.546,90
  • Chip + seguro viagem: R$ 323,20
  • Total considerando todos os gastos: R$ 4.520,50
  • Total diário (dividido por 10 dias): R$ 452,05

** Valores considerando as seguintes taxas de câmbio em 24/06/19: USD/BRL= 4,00 e = BRL/MXN: 5,00

Quer ver um pouco mais de como foi a experiênca?

Tem sonho de fazer roadtrip pela California?

Se você tem sonho de fazer uma roadtrip pela costa da California, nós já publicamos vários posts sobre a viagem que fizemos com os nossos pais de carro pela California. O nosso roteiro incluiu San Francisco, Monterey, Carmel, Cambria, San Luis Obispo, Solvang, Santa Bárbara, Malibu e Los Angeles.

Roteiro de 10 dias pela Califórnia: dicas de cidades e atrações para uma road trip

Quanto custa uma road trip pela California?


Gostou do post? Compartilha aí para que mais pessoas tenham acesso 🙂 . Se não quiser perder nossas atualizações, curta a página do facebook, instagram, se inscreve no canal

Atalho para viajar pela Califórnia de ônibus

 Nós fomos de ônibus com as empresas Flixbus e Megabus. A Flixbus é mais confortável 🙂
Ficamos hospedados na rede Hostelling Internacional. É bem localizado, limpo e as instalações são ótimas.
Sempre ouvi dizer que é obrigatório ter um carro para viajar pela Califórnia, mas foi bem tranquilo a forma que fizemos!
Compre um chip internacional com internet para conseguir pedir Uber/Lyft sem problemas. Nós indicamos o Easysim4u.

No facebook

comentários

About the Author:

Bruna Faria, 26, formada em Administração de Empresas pelo Mackenzie. Fez o primeiro intercâmbio aos 17 anos no Texas e o segundo aos 19 no México. Enquanto fazia faculdade na Europa em 2013, teve a idea de criar o Must Share Br (lançado em 2015). Além de produzir conteúdo para o blog, trabalha em uma consultoria especializada em mercado financeiro e hoje mora na Cidade do México. Acompanhem pelo instagram: @brunapfaria

Leave A Comment

Contato

Entre em contato conosco pelo email: contato@mustsharebr.com