O que fazer em Tepoztlán: roteiro de 1 dia

Tezpotlán é um pueblo mágico que fica cerca de 80 km da Cidade do México e a 17 km de Cuernavaca. Nesse post colocamos O que fazer em Tepoztlán: roteiro de 1 dia.

A cidadezinha é tão pequena que dá para visitar todos os pontos turísticos em apenas 1 dia. Aproveitamos um final de semana para visitar duas cidades que têm atrativos imperdíveis nas redondezas da Cidade do México: Tlaltizapán (onde fica o parque aquático natural Las Estacas) e Tepoztlán.

As duas cidades estão localizadas no estado de Morelos. Tepoztlán fica a 1 hora da capital mexicana e Tlaltizapán fica a 1 hora e meia. Achei que vale muito a pena combinar as duas cidades numa mesma viagem de final de semana! Não foi nada corrido 🙂

Como chegar em Tepoztlán

Cidade do México a Tepoztlán

Os ônibus a Tepoztlán saem da rodoviária Terminal de Sur Taxqueña (conhecido apenas por Taxqueña) que é uma das rodoviárias da Cidade do México. A rodoviária fica na Calzada Taxqueña, 1320.

Os bilhetes custam MXN 140 (com seguro) e a viagem dura 1 hora e 20 minutos (só um pouquinho mais que de carro). Tem várias opções de horários, então vocês não vão ter problema com isso 🙂

Yautepec a Tepoztlán

Como comentei, nós aproveitamos a nossa visita a Las Estacas para também visitar Tepoztlán. Fizemos todos os trajetos dessa viagem de transporte público (ônibus e vans).

Passamos o dia no parque Las Estacas e no fim da tarde voltamos a cidade de Yautepec para comprar o nosso bilhete a Tepoztlán. Compramos na hora e pegamos MXN 24. A viagem dura entre 25-30 minutos.

Chegamos lá no sábado às 6:30-7 da noite e dormimos em Tepoztlán. No fim do dia de domingo nós voltamos a Cidade do México no ônibus das 20:15 que custou MXN 140.

Também tem várias opções de horários para a volta a Cidade do México. Acho que eu até teria voltado antes desse horário, porque chegamos um pouco tarde na Cidade do México. Chegamos às 11 da noite e todos os ônibus estavam chegando 15-20 minutos atrasados em Tepoztlán.

Como chegar no parque Las Estacas de transporte público

Onde se hospedar em Tepoztlán

Chegando em Tepoztlán buscamos uma hospedagem perto do centrinho/rua principal e também relativamente perto da rodoviária da cidade. Fomos caminhando da rodoviária até a nossa hospedagem e chegamos em 18 minutos.

Eu já tinha pesquisado durante a semana e todas as hospedagem estavam “caríssimas” (em reais não é tanto, mas achei caro considerando que hospedagem no México é bem barato).

Nós ficamos hospedados no Mandalas Camping Hostel. O local é bem simples e a infraestrutura não é lá aquelas coisas. Porém o que mais me incomodou deste hostel é que não tem recepção e eles quase nunca atendem a campainha. Tivemos que tocar 5 vezes até que nos atendessem.

Na hora de ir embora também não tinha ninguém para receber a chave do portão que eles tinham nos dado para entrar e sair sem problemas. Infelizmente achei que só vale a pena pelo preço. Acho que vale a pena pagar um pouco mais para ficar hospedada em outros lugares melhores.

O que fazer em Tepoztlán?

Cerro e Sítio Arqueológico de Tepozteco

Com certeza o principal atrativo turístico de Tepoztlán é a pirâmide azteca que fica em uma montanha da cidade. Para chegar até lá demorou 1 hora e 15 minutos. Para entrar no sítio arqueológico tem que pagar uma entrada de MXN 55 (domingo grátis).

Recomendo esse passeio pela manhã porque depois fica lotado, demora mais para a subida e também fica mais cansativo. Dependendo do dia pode ter bastante sol também se você for entre as 12-15 da tarde. O passeio começa na Cruz de Axitla que é uma escadaria com várias lojinhas.

A vista de lá de cima é incrível e é impressionante ver que tem uma pirâmide no meio do nada e em cima de uma montanha! Nunca vi isso em outros lugares. Também tem guias turísticos explicando sobre a história do local.

Nesse sítio arqueológico foi encontrado um santuário em homenagem ao deus Ometochtli-Tepoztécatl que está relacionado com a fertilidade, o vento e a colheita.

Outras recomendações:

  • Não subir se estiver chovendo porque o caminho é todo de pedras e fica bem escorregadio. Vi várias pessoas escorregando (não estava chovendo, mas tinha umas partes molhadas).
  • Não é uma subida tão fácil (mesmo que tenha várias crianças e idosos subindo também). É melhor ir devagar e descansando no caminho!
  • Levar água e usar tênis esportivos.
Ex Convento e Museu do Exconvento

O ex Convento de la Orden Dominica foi construído pelos espanhóis em 1560 para evangelizar os indígenas da região. Hoje é um museu e tenho que falar que é um dos conventos mais bonitos que já visitei aqui no México. Outro muito bonito que visitei foi em Oaxaca.

A entrada é grátis e a visita demora de 30-40 minutos mais ou menos. Normalmente tem exposições de artes e fotos sobre a cultura da cidade e os esforços para manter as tradições de Tepoztlán.

Museu Carlos Pellicer

Bem atrás do ex Convento está o museu Carlos Pellicer inaugurado em 1965.  O nome do museu é em homenagem ao poeta mexicano que doou uma coleção arqueológica gigante de diferentes culturas da Mesoamérica.

O museu está aberto todos os dias, excepto segunda-feira. A entrada custa MXN 10.

Temazcal e massagem

Dizem que Tepoztlán é um lugar sagrado, por isso muitas pessoas quando visitam a cidade fazem o tratamento chamado Temazcal. É um banho pré hispânico que segundo acreditam pode trazer grandes benefícios físicos e emocionais.

O Temazcal mais conhecido é o da Posada del Tepozteco. É necessário fazer reserva pelo menos 1 dia antes da sua visita. O preço é de MXN 1600 para 2 pessoas. Não tivemos a oportunidade de fazer porque não sabíamos que tínhamos que reservar. Pretendemos voltar só para isso.

Experimentar comídas típicas

Pelo que eu percebi Tepoztlán tem uma variedade gigante de comidas típicas do México, mas também tem vários pratos que só vi lá. Outros já vi em diferentes regiões no México, mas com um toque especial da cidade tanto na forma de preparo quanto na apresentação.

O que mais me impressionou foi uma barraca de produtos pré hispânicos no mercado de Tepoztlán chamado El Cuatecomate. As comidas eram totalmente diferentes do que você vê normalmente nas ruas do México e deu vontade de experimentar tudo!

Os principais pratos são as tlaltequeadas e tlalyehuadas. Esse restaurante familiar busca resgatar a cultura do México antigo e dos seus antepassados ao usar produtos típicos dessa época como milho, chia, pinole (um milho moído assado misturado com cacau, agave, chia, baunilha etc) e pimenta.

Outras comidas típicas que vocês podem encontrar em várias barracas na rua são os tlacoyos servidos com huitlacoche (também chamado de cuitlacoche) que é um fungo que cresce nas espigas de milho. O fungo é comestível e muito conhecido no México.

Também provamos o itacate que é uma tortilla triangular que pode ser recheada do jeito que você quiser. Nós pedimos com tinga de frango e crema. Outro prato que provamos foram os tacos de cecina com nopales e cebola.

Comer nas barraquinhas da rua é ótimo para conhecer a cultura local e também para economizar. Porém quem quiser também pode comer em um dos restaurantes da cidade. Tem vários! Os mais conhecidos são: Los Corolines, El Ciruelo, La Veladora e La Corolina.

Para sobremesa, o que todos me recomendaram foi fazer uma parada na loja Tepoznieves. As “nieves” nada mais são que gelo batido com sabor (limão, maracujá etc –> tem até de tequila). São vendidos em todas as regiões do México, mas a Tezponieves tem sabores bem diferentões! Vale a pena provar.

Por fim, você também pode aproveitar para tomar uma bebida pré hispânica chamada pulque. É uma bebida fermentada feito da seiva de agave. É alcoolica tá? Era uma bebida sagrada oferecida aos deuses.

View this post on Instagram

📍Tepoztlán 🇲🇽 Aproveitei para visitar Tepoztlán que está pertinho do parque Las Estacas. Paguei MXN 24 no ônibus de Yautepec a Tepoztlán. O centro é bem pequenininho e tem uma vibe bem de pueblo mesmo! O que mais atrai visitantes de todo o mundo é a pirâmide azteca que está bem em cima da montanha da cidade (foto 3). Para subir demorei 1 hora e 15 minutos (parando para descansar e tirando fotos). Não achei um caminho tão fácil, mas tem muitos idosos e crianças subindo também! Algumas partes tem pedras molhadas e vi bastante gente escorregando. Por isso não é indicado subir quando está chovendo. Recomendo ir de tênis e levar água. A entrada custa MXN 55, mas no domingo é grátis.

A post shared by Must Share BR (@mustsharebr) on

Sugestão de roteiro Tepoztlán: 1 dia

De manhã: logo de manhã subir a montanha para visitar o sitío arqueológico de Tepozteco.

Pela tarde: passear pelas lojinhas da rua principal e no mercado, experimentar comidas típicas, visitar a Igreja e o Exconvento.

Pela noite: voltar a Cidade do México.

Se você chegar no sábado como nós, o centrinho é bem animado, tem bares e restaurantes abertos. Nós só fomos jantar no sábado porque queríamos levantar cedo para visitar o sítio arqueológico.

Gastos em Tepoztlán

Coloco abaixo os principais gastos que alguém teria para viajar a Tepoztlán.

  • Ônibus Yautepec – Tepoztlán: MXN 24 (já considerei no post sobre Las Estacas. Não vou considerar no total de gastos). Se sair da Cidade do México, considerar um gasto de MXN 140.
  • Hospedagem: MXN 300 por pessoa (1 noite)
  • Alimentação: MXN 425 por pessoa (1 noite e 1 dia)
  • Entrada Sítio Arqueológico: MXN 55 (nós não tivemos esse gasto porque fomos em um domingo)
  • Entrada Museu: MXN 10 (nós não fomos nesse museu, não considerei esse gasto na soma)
  • Ônibus Tepoztlán – Cidade do México: MXN 140
  • TOTAL DE GASTOS: MXN 889 / R$ 5 = R$ 177,80 (considerando uma taxa de câmbio de BRL/MXN = 5)

Como vocês viram nem todos os gastos acima foram considerados nessa soma! Só listei os gastos principais e na soma coloquei tudo que eu gastei! Para saber quanto você gastaria, considere a sua cidade de saída (CDMX, Yautepec etc), o tipo de hospedagem, o dia da semana etc.


Gostou do post? Compartilha aí para que mais pessoas tenham acesso 🙂 . Se não quiser perder nossas atualizações, curta a página do facebook, instagram, se inscreve no canal

Atalho para Tepoztlán - México

 Gastamos menos de 178 reais para visitar Tepoztlán – já incluindo hospedagem, transporte e alimentação.
 Tepoztlán fica a 50 minutos da Cidade do México! Dá para fazer bate e volta de 1 dia ou 1 final de semana.
Você pode ir de ônibus saindo da rodoviária Taxqueña da Cidade do México por MXN 140.
Pode combinar a sua viagem com Las Estacas. Nós fizemos Las Estacas no sábado e Tepoztlán no domingo

No facebook

comentários

By |2019-07-31T22:27:52+00:0031 julho, 2019|Tags: , , |

About the Author:

Bruna Faria, 26, formada em Administração de Empresas pelo Mackenzie. Fez o primeiro intercâmbio aos 17 anos no Texas e o segundo aos 19 no México. Enquanto fazia faculdade na Europa em 2013, teve a idea de criar o Must Share Br (lançado em 2015). Além de produzir conteúdo para o blog, trabalha em uma consultoria especializada em mercado financeiro e hoje mora na Cidade do México. Acompanhem pelo instagram: @brunapfaria

Leave A Comment

Contato

Entre em contato conosco pelo email: contato@mustsharebr.com